NORMALIDADE - Mesmo com temperatura baixa e tempo nublado, há geração de energia DIVULGAÇÃO

Sistema fotovoltaico não perde eficiência com baixas temperaturas

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Um dos mitos mais propagados sobre a energia solar é de que os sistemas fotovoltaicos perdem a eficiência durante os períodos mais frios do ano, ou seja, no outono e no inverno. Mas, ao contrário do que muitos acreditam, os painéis solares funcionam com a luz do sol e não com o calor, ou seja, o frio não é fator determinante.

“Na verdade, os painéis solares funcionam melhor em temperaturas mais frescas do que em temperaturas quentes. Isso porque, na sua maioria, eles são feitos de silício e este material é um semicondutor, sendo que todo semicondutor perde eficiência com o calor”, detalha o empresário araçatubense do setor, Francis Polo.

O especialista explica que o frio pouco interfere na geração de energia, pois o impacto da temperatura não é tão agressivo quanto o impacto da diminuição da incidência de radiação solar, que continua sendo emitida, só que em menor proporção. Assim, a produção de energia continuará mesmo no inverno e em dias nublados.

Outro fator que também se relaciona à eficiência da geração de energia em diferentes estações do ano é o posicionamento dos painéis. Nos sistemas fotovoltaicos, normalmente quando não há um software específico para determinar a melhor angulação do sistema, o melhor ângulo para inclinação dos painéis é próxima à latitude do lugar, ou seja, é levada em consideração a região para se fazer a instalação dos painéis e orientação com relação ao norte geográfico, alcançando dessa forma, uma performance mais elevada do sistema.

Em estações com maior radiação solar, como o verão, por exemplo, haverá meses em que o sistema vai produzir mais energia do que a necessária naquele imóvel e esse excedente será injetado na rede pública, podendo ser feita a transferência desses créditos excedentes para outras unidades consumidores, por meio da concessionária de energia. “Nos períodos de outono e inverno os créditos podem ser utilizados no abatimento do consumo, gerando economia até mesmo nos períodos com menor radiação solar”, ressalta Polo.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

“FESTA ANUAL DAS ÁRVORES” E “DIA DO POLICIAL MILITAR AMBIENTAL”

Compartilhe esta notícia!PAULO AUGUSTO LEITE MOTOOKA Desde o ano de 1965, por meio do Decreto …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *