28.3 C
Araçatuba
sábado, junho 25, 2022

Saúde inicia nova fase da vacinação contra a influenza e abrange vários setores

DA REDAÇÃO – BIRIGUI

Desde ontem (16), caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário e urbano, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade podem receber a vacina contra a gripe. 

A imunização segue em todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) de Birigui, das 8h às 16h. O público-alvo pode procurar também no drive-thru do Terminal Rodoviário, que fica aberto às quartas-feiras, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h às 13h. A vacina está sendo feita para esses novos grupos também em outros municípios da região.

Para ser vacinado é necessário apresentar documento pessoal com foto e a carteirinha de vacinação. Os caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo e das forças de segurança e forças armadas devem apresentar ainda comprovante de vínculo empregatício ativo.

Em relação aos funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade, a Secretaria Municipal de Saúde de Birigui enviará na quarta-feira (18) as doses da vacina para serem aplicadas no próprio estabelecimento prisional, no caso no Centro de Ressocialização de Birigui.

 

DEMAIS PÚBLICOS

A vacinação segue também para os idosos acima de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), profissionais da saúde, professores e pessoas com comorbidades e deficiência permanente

Para os profissionais de saúde e da educação é exigido comprovante de vínculo empregatício. Grávidas devem levar cartão do pré-natal e, no caso das puérperas, o registro de nascimento da criança. Pessoas com comorbidades e deficiência devem levar comprovante da doença crônica para se vacinar. 

A vacina da gripe é trivalente e protege contra o vírus influenza A (H1N1), a cepa B e o H3N2, do subtipo Darwin, que causou os surtos localizados no final do passado. Crianças de 6 meses a menores de 5 anos e profissionais da saúde também estão sendo vacinados contra o sarampo em todas as UBSs.

“O inverno está chegando, por isso, é muito importante que as pessoas dos grupos prioritários se vacinem o quanto antes para ficarem protegidos. A vacina contra a influenza também salva vidas”, disse a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Maria Helena Martins Yazawa.

 

Ultimas Noticias