ANÚNCIO - Presidente da Salsaretti, José Reynaldo Trevizanelli, anuncia ampliação da linha de produção ao lado de autoridades ANTÔNIO CRISPIM

Salsaretti deve gerar até 600 empregos diretos com aumento de linha de produção em Araçatuba

 

A empresa Salsaretti, um braço do grupo Predilecta, em Araçatuba, anunciou nesta quinta-feira (16) o aumento na sua linha de produção e um programa de produção integrada de alimentos. A medida vai aumentar o número de vagas de trabalho na empresa, além de beneficiar mais produtores rurais da região, incentivando ainda mais o cultivo de tomate e de milho doce.

 

Devem ser gerados, em um primeiro momento, cerca de 350 empregos diretos e outros 1.600 indiretos com o aumento da produção, e, segundo o presidente da Salsaretti, José Reynaldo Trevizanelli, a previsão é de que até 2023 sejam 1.000 funcionários diretos na indústria localizada em Araçatuba.

 

O evento de lançamento do programa contou com a presença de autoridades estaduais, como o governador João Doria (PSDB), secretário de agricultura e abastecimento do estado, Itamar Borges; e o secretário de desenvolvimento regional, Marco Vinholi, entre outros. Também estiveram autoridades locais, como prefeitos e vereadores de cidades da região, além de membros das diretorias da Salsaretti e da Predilecta, e funcionários da Salsaretti de Araçatuba.

 

De acordo com a direção da empresa, a previsão é de que, até outubro de 2022, o número de funcionários do local praticamente dobre, subindo de 400 para 750, e até 2023 a intenção é chegar a cerca de 1.000 trabalhadores diretos. 

 

Em agosto de 2020, o Grupo Predilecta adquiriu as marcas Salsaretti, Etti, Puropurê e Cajamar. A empresa manteve a linha de produtos atomatados fabricados em Araçatuba e agora está ampliando a sua linha de produção, o que vai beneficiar produtores de tomate e milho na região. 

 

Na indústria, em Araçatuba, são fabricados produtos que têm o tomate como base, como molhos, extratos de tomate, ketchups, além de milhos e ervilha em conserva. 

 

“Existem duas Araçatuba, uma antes da Salsaretti e a outra depois da Salsaretti. Estamos presentes em mais de 100 mil clientes e em mais de 25 milhões de lares brasileiros”, afirmou o presidente da empresa, José Reynaldo Trevizanelli. 

 

O empresário defendeu o agronegócio e a produção de alimentos, ao salientar a parceria com os produtores rurais da região de Araçatuba.  

 

“O Estado de São Paulo é agricultável, sim, e esse trabalho está mudando a realidade. Tem que parar de achar que São Paulo não produz. Produz sim, com produtividade igual ou até melhor que outros Estados. Tecnologia, água e tem mais uma coisa que é importante dizer: o mercado consumidor é São Paulo. E dentro do quintal da nossa casa, temos muito a fazer”, afirmou. 

 

O secretário de agricultura e abastecimento do estado de São Paulo, Itamar Borges, ressaltou que o número de hectares de cultivo de tomate irá dobrar na região e serão mais de 12 mil hectares de plantação de milho apenas para abastecimento da indústria da Salsaretti de Araçatuba.

 

“Estamos trazendo uma nova transformação do agro aqui na região de Araçatuba, preservando a cana-de-açúcar, preservando a pecuária, e trazendo uma integração de produção de tomate e de milho doce. Com 15 mil hectares novos, já temos 3 mil de tomate, teremos outros 3 mil de tomate e 12 mil novos com esses novos contratos da empresa”, informou. “É uma transformação tanto numa produção diversificada, como numa produção que vai agregar um novo valor, gerando mais renda ao produtor, aos municípios, e gerando mais empregos em todas as cidades”, concluiu.

 

Durante o evento, foi assinado um protocolo de intenções da empresa com pequenos e médios produtores rurais com a finalidade de formalizarem um contrato de compra garantida. Dessa forma, os agricultores de cerca de 10 municípios da região de Araçatuba terão uma nova opção de renda, com aumento de empregos e lucratividade por meio do repasse de insumos no valor negociado direto com a indústria. 

 

ASSINATURA – Empresa assina protocolo de intenções com produtores rurais da região
ANTÕNIO CRISPIM

Veja também

Polícia Ambiental fiscalizou 30 pontos de venda de peixe

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA Nos dias de 21 e 22 de outubro de 2021 a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *