12.9 C
Araçatuba
sexta-feira, agosto 19, 2022

Residência Médica da Santa Casa de Araçatuba forma a primeira turma

Aprimorar progressivamente as técnicas médicas e exercitar a prática da Medicina de forma altruísta. Esse é o principal objetivo da Residência Médica, uma espécie de pós-graduação destinada a médicos. Nesta quarta-feira (27), a Santa Casa de Araçatuba, juntamente com a Coreme (Comissão de Residência Médica) promoveu uma cerimônia de conclusão da primeira turma do Programa de Residência Médica implantado no hospital e autorizado pelo Ministério da Educação através da CNRM (Comissão Nacional de Residência Médica).
A turma iniciou no Programa em 2017 e é composta por 10 médicos, sendo 6 da área de Clínica Médica e 4 da área de Pediatria. Durante os dois anos de residência, os médicos puderam desempenhar atividades práticas com pacientes em rotinas ambulatoriais, urgência e emergência, enfermarias e terapia intensiva. Segundo informações da assessoria de imprensa da Santa Casa de Araçatuba, 10% da Residência foi voltada a atividades teóricas e 90% a atividades práticas.
Se formaram na área de Clínica Médica os alunos Diego Clauser Marçon, Karen Nagao Leal, Larissa Mazini Borges, Maria Júlia Silveira Rahal, Mariana de Barros Sato e Ricardo Martins Garcia. Já na área de Pediatria, os concluintes são Anna Paula Costa Corgozinho, Mariana Andrade Farina, Nathália de Oliveira Cardoso, Rafael Aguillar Silva.
Formatura Residência (14)Conforme explica o supervisor da Residência de Clinica Médica na Santa Casa de Araçatuba, doutor Rafael Saad, os médicos formados nesta quarta-feira já podem atuar em sua especialidade e estão aptos, inclusive, a participar de novas capacitações. “Aqueles que estão se formando hoje na área de Clínica Médica agora podem, por exemplo, ingressar em uma residência em Cardiologia, ou seja, eles têm a possibilidade de se especializar uma área mais específica”, esclarece.
A médica Mariana de Barros Sato, que concluiu residência na área de Clínica Médica, não pretende, inicialmente, ingressar em uma subespecialidade. Ela explica que foi convidada a ser professora no UniSalesiano de Araçatuba e pretende encarar o desafio, ao mesmo tempo em que continuará atuando em hospitais. “Esse período de residência na Santa Casa de Araçatuba foi muito produtivo e completo. Eu aprendi a desempenhar meu trabalho da forma mais humana possível e me sinto muito grata por ter conquistado a vaga em 2017”, afirma. Mariana cursou Medicina pela Universidade Federal de Pelotas, no Rio Grande do Sul.

MESA
Durante a solenidade de conclusão das residências, compuseram a mesa o coordenador da Coreme (Comissão de Residência Médica) e supervisor da residência de Clinica Médica na Santa Casa de Araçatuba, doutor Rafael Saad; o provedor da Santa Casa de Araçatuba, doutor Claudionor Aguiar Teixeira; o diretor clínico da Santa Casa de Araçatuba, doutor Giulio Coscina; o vice-coordenador da Coreme e supervisor da residência de Pediatria na Santa Casa de Araçatuba, doutor Anderson Azevedo Dutra; a conselheira do Cremesp (Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo), doutora Regina Marquezine; o diretor técnico substituto do DRS (Departamento Regional de Saúde) de Araçatuba, Carlos Alberto; a vice-prefeita de Araçatuba, Edna Flor; o diretor técnico da Santa Casa De Araçatuba, dr. Fabrício Zanini.

ÁREAS
Atualmente, a Santa Casa de Araçatuba oferece oportunidade de residência nas áreas de Clínica Médica (duração de 2 anos), Pediatria (2 anos), Ginecologia e Obstetrícia (3 anos); Ortopedia e Traumatologia (3 anos) e Radiologia (3 anos). Contudo, segundo o doutor Rafael Saad, o hospital está em processo de credenciamento para mais 4 residências, sendo elas Cirurgia Geral, Cardiologia, Neonatologia e Medicina Intensiva Pediátrica. Ele explica que o prédio já recebeu a vistoria da Comissão Estadual e o próximo passo é aguardar autorização do Ministério da Educação (MEC) para início dos programas.

NOVAS TURMAS
A Santa Casa de Araçatuba recebe 18 residentes por ano, sendo 4 de Pediatria, 6 de Clínica Médica, 4 de Ginecologia e Obstetrícia, 2 de Ortopedia e 2 de Radiologia. Para conseguirem as vagas, os médicos realizam um concurso, cuja concorrência costuma ser de, em média, 6 candidatos por vaga.
Na próxima sexta-feira (1º), uma nova turma de residentes ingressará na Santa Casa. O próximo processo seletivo será realizado no mês de dezembro.

Paula Santos
Araçatuba

Ultimas Noticias