ANÁLISE - Para o economista e professor universitário Marco Aurélio Barbosa, números mostram recuperação da empregabilidade

Região cria mais de 1,2 mil empregos em um mês

Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

As quatro maiores cidades da região continuaram a apresentar, em outubro, saldo positivo na geração de emprego com carteira assinada. Juntas, Araçatuba, Andradina, Birigui e Penápolis acumularam a criação de 1.214 empregos formais no mês passado.

A pesquisa foi realizada pelo economista e pesquisador em economia local e regional, professor Marco Aurélio Barbosa de Souza, tendo como base os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério da Economia.

Para ele, os números evidenciam a recuperação na empregabilidade local diante da crise econômica enfrentada pela economia brasileira em 2020 devido à pandemia de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

O levantamento mostra que, dentre os quatro municípios, o melhor desempenho no mercado de trabalho foi de Birigui, cujo superávit foi de 620 postos de trabalho no mês. Foram 1.606 contratações e 986 demissões. Em seguida, vem Araçatuba com saldo positivo de 370 empregos – 1.868 admissões e 1.498 dispensas. Na terceira posição, aparece Penápolis com saldo de 129 empregos, quantidade resultante da diferença entre 498 contratações e 360 demissões. Na quarta colocação, fica Andradina com 499 contratações e 404 demissões – saldo positivo de 95 empregos.

INDÚSTRIA

Em relação aos setores produtivos, no caso de Birigui, a indústria foi o grande destaque com saldo de 646 empregos, seguido pelo comércio com 109 oportunidades abertas e a construção, com dez. Na mesma cidade, o setor de serviço foi o único a apresentar resultado negativo, com fechamento de 149 vagas.

“O resultado de outubro evidencia a recuperação de um importante setor da economia local: o setor industrial”, concluiu o pesquisador.

Em Araçatuba, os setores que se destacaram foram o comércio e serviços, com saldo positivo de 289 e 61 empregos, respectivamente. A construção ficou com saldo de 41 empregos, enquanto a indústria apresentou resultado negativo e o fechamento de 18 vagas.

Penápolis teve como destaque os setores de indústria, comércio e construção, com saldos positivos de 87, 76 e 24 postos de trabalhos, respectivamente. Apresentaram resultado negativo os setores da agropecuária e serviços com saldos de 36 e 22 empregos.

Já Andradina apresentou resultado positivo em todos os setores, com exceção da construção, que ficou negativo em outubro em dez postos de trabalhos. O comércio teve saldo positivo de 44 empregos; os serviços, 32, a indústria, 16; e a agropecuária, 13.

NO ANO

Outra constatação do economista foi a recuperação da empregabilidade acumulada no ano (janeiro a outubro) em todas as cidades, invertendo o sinal de negativo para positivo.

Assim, as quatro cidades citadas também apresentam no ano, até o momento, resultado positivo acumulado de 1.399 empregos, sendo 560 para Andradina; 478 para Araçatuba; 361 para Penápolis e 296 para Birigui.

 

 

Para estudioso, resultado consolida recuperação econômica

 

Para o pesquisador Marco Aurélio Barbosa de Souza, o resultado positivo consolida uma trajetória de recuperação das economias locais, trazendo sinais de otimismo para a região em relação ao resultado esperado para novembro e dezembro e o fechamento de 2020.

Entretanto, diz ele, há necessidade de monitoramento da trajetória macroeconômica e o fim dos estímulos governamentais e a redução das políticas anticíclicas implementadas pelo governo federal no enfrentamento da crise econômica provocada pela pandemia.

“São questões importantes e que precisam ser observadas pelas equipes econômicas dos governos locais para ajustes de suas políticas públicas de desenvolvimento econômico local”, finaliza o estudioso.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

SP autua dez estabelecimentos em primeira noite de toque de restrição

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – SÃO PAULO A Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *