14.7 C
Araçatuba
quarta-feira, agosto 10, 2022

Rapaz é preso depois de agredir a mãe e ameaçá-la de morte

Um rapaz de 19 anos de idade foi preso no último fim de semana depois de agredir a própria mãe, uma mulher de 37 anos. O crime ocorreu na residência da família, que fica na rua João Ferreira dos Santos, no bairro Porto Real, zona norte de Araçatuba.
De acordo com informações do boletim de ocorrência, os policiais militares faziam patrulhamento de rotina pelas imediações quando foram chamados pelo Copom (Central de Operações da Polícia Militar) de que naquele momento ocorria a confusão. As equipes se deslocaram até o endereço.
Chegando lá, os policiais encontraram a vítima bastante nervosa. Ela apresentava vermelhidão no pescoço e nos braços e dizia, a todo o momento, que o filho tentava a enforcar. O rapaz também tinha um arranhão no pescoço e no braço. A declarante informou que foi salva por uma vizinha, que percebeu a gritaria e foi ver o que estava acontecendo. Logo em seguida, a testemunha acionou a Polícia Militar.
A vítima disse que gostaria de representar contra o autor, por isso, ele teve conhecimento que teria que acompanhar os PMs até a Central de Flagrantes. Ele reagiu e foi detido com o uso de força física. O indiciado fez ainda ameaças de morte, dizendo que quando voltaria iria matar a mãe. Recentemente, a polícia fez buscas na casa dele, depois de uma denúncia de tráfico de drogas. Na ocasião, nenhum objeto de ilícito foi localizado, segundo o registro policial.
As equipes apreenderam alguns pedaços de madeira no interior da residência. Os objetos teriam sido usados na agressão contra a mulher. O homem foi apresentado na delegacia. O delegado plantonista manteve a prisão dele pelos crimes de lesão corporal, ameaça, dano qualificado e violência doméstica.
Ele foi ouvido e depois permaneceu à disposição da Justiça. Um inquérito foi aberto pelo terceiro distrito policial do município para dar andamento às investigações sobre a ocorrência. Apesar do susto, a mulher não ficou ferida e passou por exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal), onde foram constatadas as lesões. Ela requisitou medida protetiva contra o filho.

VÍTOR MORETTI
Araçatuba

Ultimas Noticias