PREMIAÇÃO - Diretoria da GS Inimna Samar participou da entrega dos prêmios aos vencedores

Prêmio Idealize 2020 da Samar supera expectativas e modelo será adotado pela GS Inima Brasil

Compartilhe esta notícia!

 

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Incentivar e engajar os colaboradores para o desenvolvimento de novos projetos e ideias com foco na gestão de processos, aumento da qualidade dos serviços e melhores resultados. Com esses objetivos a GS Inima Samar, empresa do Grupo GS Inima Brasil e concessionária dos serviços de água e esgoto em Araçatuba (SP), promove, bienalmente, o Prêmio Idealize.

O Prêmio é uma iniciativa que busca fomentar os valores do grupo para a formação de pessoas, inovação e sustentabilidade, reconhecendo o talento de seus colaboradores e estimulando o trabalho em equipe.

Composto por projetos nas categorias institucional, gestão e técnica, este ano a segunda edição trouxe uma novidade: a abertura da categoria ideias inovadoras e sustentáveis aplicáveis na melhoria da eficiência operacional e na satisfação dos clientes. Ao todo 53 trabalhos passaram pela seletiva que levaram ao final da competição, realizada nos dias 26 e 27 de novembro, 13 projetos e 8 ideias e contou com um júri composto por diretores e pelo CEO da GS Inima Brasil, Paulo Roberto Oliveira. Na ocasião, ele anunciou que o modelo do prêmio será adotado pela holding, com participação de todas as empresas do grupo.

Para Rondinaldo Lima, Diretor Técnico da GS Inima Samar, o Prêmio é um conector de ideias dentro da empresa. “Reunimos diferentes setores em um movimento de integração abrindo um leque de oportunidades para a aproximação dos colaboradores, além de trazer  visões complementares para o desenvolvimento de um trabalho; com isso, podemos estimular o trabalho em equipe, conhecer e reconhecer os talentos que temos e colocar em prática as inovações trazidas por eles”, destaca.

A edição de 2020 teve uma ampla gama de projetos e ideias apresentados que abrangeram todas as áreas de atuação da empresa: desde equipamentos para melhorar os serviços das equipes de ruas até a automação das estações de tratamento de água e esgoto, redução de perdas, destinação de lodos, uso de novas fontes de energia, modernas ferramentas de gestão e ações para se aproximar cada vez mais dos clientes, com atendimento especial aos vulneráveis.

 

Vencedores

Na categoria Institucional, o projeto vencedor foi “Gerenciamento dos Recicláveis com viés socioambiental”, de Geise Moura e Lucas Cruz, que propõem ações em parceria com a comunidade para melhorar a destinação dos materiais recicláveis da empresa. Em segundo lugar ficou o projeto “Pias Solidárias”, construídas com tambores reciclados e que foram espalhadas por unidades básicas de saúde e locais de grande movimentação da cidade. O projeto já atendeu mais de 120 mil pessoas em Araçatuba durante a pandemia. Na equipe, Israel David, Renato Tabata, Rodrigo dos Santos, Paulo Quirino e Sérgio Valadares.

Na categoria Técnica, venceu o projeto: “Simulador de ligação interna – “Teste da mangueira”, de Luciano Montagnano, que montou um aparelho simples que é utilizado para verificar possíveis vazamentos nos imóveis. “Não esperava essa repercussão; tivemos a oportunidade de apresentar o trabalho aos diretores da GS Inima Brasil e ouvir deles conselhos e recomendações. É um projeto que soma muito e mexe com toda a empresa”, destaca.

Em segundo lugar, ficou o projeto “Substituição do gás cloro por hipoclorito de sódio in loco em sistema de abastecimento de água – ETAs Baguaçu”, de Paulo Lourencini.

Na categoria Gestão, o vencedor foi o projeto “Dashboard de gestão para combate às perdas – Piloto Jussara”, de Rodrigo Pereira da Silva e Francis Galdino, que permite um acompanhamento detalhado e controle de perdas nas regiões já setorizadas da distribuição de água. “Participei com um projeto que considero até agora o trabalho mais importante da minha carreira. Ganhar em primeiro lugar e ainda com este projeto, teve um significado imensurável para mim”, comemora Rodrigo.

Em segundo lugar, ficou o projeto Padronização do processo de fiscalização em clientes especiais”, de Gracieli Pitoni, Ricardo Cassemiro e Joaquim Garcia Mancebo.

Na categoria Ideias Inovadoras e Sustentáveis, a campeã foi “Alternativa viável para destinação final do lodo da ETE”, de Gilson Bispo e Ricardo Lima Mendes, que propõem a utilização do lodo na agricultura; em segundo lugar, ficou o “Projeto de atendimento aos vulneráveis”, de Geise Rodrigues, Mara Cambuhi, Pâmela Rodrigues e Fernando Sávio.

Por causa da pandemia do novo coronavirus, o evento foi realizado no auditório da GS Inima SAMAR com todas as medidas de proteção necessárias para manter o distanciamento das pessoas e a correta higienização. Apenas dois membros de cada equipe participaram das apresentações. Os demais colaboradores puderam acompanhar por transmissão online.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Cerca de 150 policiais devem completar ciclo da vacinação contra a covid nesta terça em Araçatuba

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA Policiais e agentes de segurança que não tomaram a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *