Home Cidades Araçatuba Prefeitura vai investir quase R$ 8 milhões em nova escola para 360 alunos

Prefeitura vai investir quase R$ 8 milhões em nova escola para 360 alunos

6 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

A Prefeitura de Araçatuba já abriu licitação para a construção de uma nova unidade de ensino no município. A escola será erguida no Jardim Atlântico em terreno na Rua Elza Almeida Lemos, localizado próximo ao novo Estação Cidadania, inaugurado em maio deste ano. O processo licitatório, em que as empresas podem apresentar propostas e orçamentos para participar da concorrência pública, foi publicado na edição de quarta-feira (14) do jornal O LIBERAL REGIONAL está aberto até o próximo dia 17 de setembro. As informações constam também no site da Prefeitura. A obra é estimada em quase R$ 8 milhões e será custeada com recursos próprios do município.
Segundo a Secretária Municipal de Educação, Silvana de Sousa, a nova unidade escolar irá zerar o déficit de 122 vagas no ensino municipal no Jardim Atlântico. Ela afirmou em conversa exclusiva com a reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL que a nova escola no bairro também vai diminuir o deslocamento de alunos para outras unidades de ensino mais afastadas. “Diariamente saem vários ônibus do Atlântico que levam esses alunos pra estudar em outros bairros que possuem escolas”, explicou Silvana sobre a situação atual.
O Jardim Atlântico possui, atualmente, apenas uma unidade de ensino municipal. A EMEB Roseli de Oliveira, que fica na divisa com o Jardim Etemp, abriga alunos de ensino infantil e ensino fundamental e a partir da chegada da nova escola passará a oferecer vagas apenas para educação infantil. A nova unidade a ser construída abrigará somente alunos de ensino fundamental. “O espaço hoje utilizado para o ensino fundamental na escola já existente, vai se reverter em novas vagas para a educação infantil e a nova unidade passa a atender tanto os alunos que estão no Roseli de Oliveira, quanto os alunos do bairro que são transportados para outros lugares e que passarão a contar com uma escola no próprio bairro. O ganho para a comunidade e para os pais é enorme”, afirmou a secretária.
De acordo com a Secretária de Educação, a nova escola terá capacidade para 360 alunos. Os novos estudantes também virão de outras unidades de ensino. Segundo Silvana de Sousa, atualmente há alunos do Atlântico que estudam em três escolas do município: na EMEB Maria de Freitas Souza, no Bairro Antônio Vilella; na EMEB Lauro Bittencourt, no Jardim TV; e na EMEB José Herculano de Araújo Ordini, no Bairro São Rafael. A intenção da secretária é, com os alunos do Atlântico deixando estas escolas e migrando para o próprio bairro, abrir espaços alternativos nas três unidades para a instalação de salas de leitura e de recursos. “É uma construção que vai contemplar o bairro, mas também vai contemplar outras escolas que vão poder reorganizar os seus espaços para oferecer uma atividade diversificada aos alunos”, opinou a titular da pasta da Educação.
A expectativa da Prefeitura é que, após a escolha da empresa vencedora da licitação e da emissão da ordem de serviço, as obras sejam concluídas no período de 1 ano. “As matrículas de 2020 provavelmente nós já vamos conseguir remeter para esta nova unidade e a partir de 2021 ter já o atendimento”, concluiu a secretária Silvana de Sousa.

A5 Escola Atlântico 4.JPG

 


Compartilhe esta notícia!