ADEQUAÇÃO - Dr. Fabrício Teno afirma que profissionais do hospital foram realocados para dar conta da demanda de pacientes de covid7

Novo presidente da Unimed Araçatuba comemora volta de médico ao trabalho e relata esforço na linha de frente

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Desde o último dia 1º de abril, o médico oftalmologista Fabrício Teno Castilho Braga é o novo presidente da Unimed Araçatuba e nos primeiros 15 dias de trabalho já teve que lidar com algumas emoções distintas. O seu vice-presidente, Dr. Rodrigo Protte Pedro, esteve intubado durante vários dias no setor de UTI Covid, e conseguiu se recuperar.

Em conversa exclusiva com a Clube FM, a Jovem Pan e o jornal O LIBERAL REGIONAL, o Dr. Fabrício Teno Braga afirma que chegou a sentir-se “impotente” ao ver o colega de trabalho em seu pior momento da luta contra a covid-19, mas comemorou a satisfação em ter tido nesta quarta-feira (14) o seu primeiro dia de trabalho efetivo ao lado dele na diretoria.

O novo presidente, que já fazia parte da diretoria anterior, afirmou também que precisaram ser feitas readequações de escala de equipes para dar conta da demanda de internados no setor de covid-19 no momento de alta nas internações no mês de março.

Dr. Fabrício fala em um trabalho de continuidade na sua gestão e acredita na equipe de cooperadores e colaboradores do hospital.

Dr. Rodrigo Protte de volta

Após quase três semanas do anúncio de sua internação na UTI por covid-19, o Dr. Rodrigo Protte Pedro recebeu alta médica na última sexta-feira, após se recuperar da doença. Ontem foi o primeiro dia de trabalho dele já como novo vice-presidente da Unimed Araçatuba.

O presidente Dr. Fabrício Teno demonstrou muita satisfação em estar novamente ao lado do amigo na diretoria do hospital.

“Felizmente hoje foi o primeiro dia que o Dr. Rodrigo compareceu à diretoria, já está com a pilha toda para trabalhar. A gente até falou pra ele ‘você precisa descansar’, mas quem conhece o Rodrigo sabe da energia que ele tem. Foi difícil, mas agora está sendo muito prazeroso tê-lo conosco”, afirmou Dr. Fabrício.

Quando assumiu a presidência da Unimed, seu companheiro já estava em melhor situação de saúde, porém os dias anteriores foram de muita apreensão, de acordo com o médico.

“É algo que é um misto de medo, de receio, até de uma certa impotência com o que vinha acontecendo, então foi muito difícil a gente passar por essa fase de receber a notícia da internação dele. Começarmos a diretoria sem ele estar conosco também nos levou a pensar um pouco sobre o quão frágil é a nossa vida”, refletiu.

Equipe desgastada

Com cerca de 1.100 colaboradores, o Hospital Unimed Araçatuba viveu semanas de grande demanda de pacientes, principalmente com sintomas graves de covid-19. Em março, o hospital particular chegou a abrir uma quinta ala no setor pós-cirúrgico para receber pacientes com casos graves da doença.

A situação, que era desesperadora, começou a melhorar, principalmente na última semana, com uma queda no número de internados. Mesmo assim, o novo presidente Dr. Fabrício Teno comenta que a equipe está cansada após mais de um ano de muito trabalho no combate à doença.

“Quando a gente vai a público pedindo para o pessoal tomar cuidado é porque realmente a gente precisa deste cuidado, a gente precisa que o hospital não fique cheio, porque a gente não depende só de respiradores, a gente depende de equipe. Todas essas pessoas estão exaustas neste momento porque faz um ano que a gente está trabalhando demais”, desabafou o presidente da Unimed.

De acordo com o novo mandatário da Unimed Araçatuba, muitos médicos e enfermeiros que não estavam na linha de frente tiveram de ser realocados para este trabalho durante o último mês.

“Nós realocamos enfermeiras que trabalham na parte administrativa, passaram a atender também na parte assistencial. Tivemos uma UTI que foi totalmente cuidada pela equipe de anestesistas que não estavam habituados à UTI. Teve realocação de colaboradores e de médicos para dar conta da demanda”, informou.

Dr. Fabrício Teno fez, inclusive, um agradecimento à equipe e diz que, por enquanto, não aumentará o quadro de funcionários, mas há possibilidade de isto acontecer no caso de novo aumento na demanda.

“A gente é muito grato a eles e sabemos que podemos contar com os colaboradores para o que der e vier”, disse. “Dependendo da necessidade a gente poderia fazer novas contratações, para este momento a gente está conseguindo com a nossa equipe e com o esforço de todos”, concluiu.

Continuidade

Por já fazer parte da diretoria anterior, Dr. Fabrício Teno acredita que seu trabalho à frente da Unimed Araçatuba terá que ser de continuidade. Atualmente, o hospital é referência no atendimento e em saúde particular para toda a região de Araçatuba.

“A gente tem o nosso sistema de gestão de qualidade, as auditorias que a gente tem relacionadas aos selos de qualidade, e isso faz com que a gente tenha a possibilidade de uma autoanálise, e nelas a gente sempre consegue avaliar o que dá pra melhorar”, analisou.

O médico afirmou também que pretende trazer melhorias para o atendimento, sem especificá-las no momento.

“Vamos dando continuidade ao que já vinha sendo feito, tendo aprendido muito nesse último ano e aplicando as melhorias que a gente for percebendo que dá pra ser feito com a nova diretoria”, concluiu.

 

Veja também

Municípios da região mantêm saldo positivo de emprego no ano e Birigui lidera

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA Conhecida pela força de sua indústria e oportunidades de negócios, Birigui …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *