Home Cidades Araçatuba Na contramão da maioria, empresário comemora aumento nas vendas em meio à pandemia

Na contramão da maioria, empresário comemora aumento nas vendas em meio à pandemia

5 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Boa parte dos empresários da cidade está em apuros com a pandemia do novo coronavírus que trouxe, entre outras ações, o decreto de quarentena que proibiu diversos estabelecimentos de serem abertos, além de estimular as pessoas a permanecerem em casa, com receio do vírus, diminuindo consideravelmente as vendas de lanchonetes, bares, restaurantes, postos de gasolina e outros locais que permanecem abertos.
Mas nem todo mundo está em um mau momento financeiro. Em Araçatuba, o empresário André Luís Pavan, proprietário da Casa de Carne Romano´s, localizada na rua Porangaba, na Vila Industrial, apesar de estar preocupado com a saúde pública, está comemorando o resultado das vendas em seu estabelecimento nas últimas semanas. Ele afirmou que sua clientela aumentou em até 40% após o início da pandemia. “Está sendo bom no meu ramo de trabalho porque o pessoal prefere estabelecimentos menores, como o nosso tipo de comércio, de açougue, devido a aglomeração que está nos mercados. Pra nós houve um aumento no fluxo por conta do coronavírus”, explicou Pavan à reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL.
No momento em que a equipe do jornal esteve no estabelecimento, clientes entravam e saíam do local, mesmo sendo um dia útil comum durante a semana. Pavan sentiu que, apesar da quarentena, o ritmo dos churrascos de final de semana não diminuiu. “Eles estão fazendo bastante churrasco. A semana inteira a gente vende muita carne pra churrasco, muito espetinho pra casa. E nos fins de semana aqui vende muito assado, o pessoal fica em casa e consome bem mais”, disse lembrando que o movimento foi bom ao longo da semana por conta do feriado prolongado de 1º de maio.
O empresário, que investe em linguiças artesanais e hambúrgueres caseiros, destacou estes produtos como os mais vendidos das últimas semanas em seu estabelecimento. “Chego a vender 600 quilos de linguiça por semana, hambúrguer também sai bem, vendo cerca de 70 kg por semana também”, comentou ele, que ainda disse que o coxão mole tem sido a carne com mais saída entre as donas de casa. “Vendo muito, tanto no formato bife quanto carne de panela”, completou.
O crescimento nas vendas foi tão satisfatório no último mês que o empresário já tem planos para o futuro. “Estou patenteando a minha marca de molhos pra churrasco, pretendo produzir aqui mais de 50 mil potes por mês em breve, estou bem animado”, completou Pavan, lembrando que mantém atualmente uma equipe de 8 funcionários trabalhando em seu estabelecimento. “É importante investir, dar emprego, mais gente tendo sua própria renda, isso me deixa feliz”, finalizou.

FOTO: Casa de Carnes

RARO – Momentos como este, com o açougue vazio, tem sido cada vez mais raros em estabelecimento localizado no Planalto

Crédito da foto: Diego Fernandes


Compartilhe esta notícia!