14.1 C
Araçatuba
quarta-feira, agosto 10, 2022

Município faz adequação elétrica em escolas para instalação de ares-condicionados

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

Para garantir um aparelho considerado necessário em Araçatuba, os ares-condicionados, escolas municipais passam por adequação em seus sistemas de energia elétrica. A informação está em resposta da Prefeitura a requerimento do vereador Lucas Zanatta (PV) sobre o assunto, encaminhada à Câmara no mês passado.
O processo já está em andamento, mas é longo. Até o momento, de 66 unidades educacionais mantidas pelo município, 29, ou seja, praticamente 44% delas já foram adaptadas. No documento encaminhado ao Legislativo, a gestão do prefeito Dilador Borges (PSDB) diz que a expectativa é de que, pelo menos até o fim do ano, para todos os estabelecimentos de ensino, já haja os projetos prontos para a reforma.
O pedido de informações de Zanatta foi motivado a partir da situação observada na Emeb (Escola Municipal de Educação Básica) Leonísia de Castro. Na propositura, o representante do Partido Verde perguntava se a escola possui rede elétrica adequada para a instalação de condicionadores de ar nas salas de aulas. Questionava ainda quais as adequações seriam necessárias na rede atual.
LEONÍSIA
Na resposta, a Prefeitura informou que a Leonísia ainda não possui rede elétrica apropriada para a instalação dos equipamentos. “O problema encontra-se na entrada de energia da escola, que é insuficiente para atender a demanda dos aparelhos, sendo necessária sua adequação”, diz a Prefeitura.
Somente naquela escola, localizada próxima à região central, serão necessários 13 aparelhos para dar conta do atendimentos a todas as salas de aula. Conforme a resposta oficial, processo licitatório destinado à reestruturação do sistema de energia elética da Leonísia já está em fase de elaboração de projeto. A previsão é de que, entre junho e agosto, a adequação esteja concluída para que os aparelhos possam ser implantados.
Em situação semelhante à da Leonísia, estão mais 13 Emebs: Joaquim Dibo, Roseli de Oliveira, Faustina Maximiano do Amaral, José Machado Neto, Suzana Echelon Ortiz, Antônio Rodrigues, Helen Margot de Assis, Maria Adelaide Camargo Cardoso, Cláudio Evangelista Teixeira, Leda Aparecida Lima Martins, Maria de Freitas Souza, Mariana Zancheta Venturolli e Apparecida Garcia Carvalho Rico.
RADIOGRAFIA ATUAL
Segundo a Prefeitura, na atualidade, cinco escolas estão com obras de adequação em andamento, com término previsto para este ano: as Emebs Índio Poti, Euza Neuza Marcondes Lários, Esther Gazoni, Floriano Camargo de Arruda Brasil e Íbis Pereira Paiva.
Outras cinco já têm projetos prontos para licitar. Catorze escolas estão com projetos avançados, previstos para
junho de 2019. Treze terão seus projetos elaborados até o mês de dezembro.

 

Adaptação coincidiu com outras melhorias em Emebs

Dentre as escolas municipais já adaptadas estão as Emebs Camila Tomashinsky, na Vila Industrial, e Joaquim Fernandes, no Jardim TV. Ambas tiveram suas instalações concluídas em julho do ano passado.
Na oportunidade, o prefeito, a vice-prefeita Edna Flor (PPS) e a secretária municipal de Educação, Silvana de Souza e Sousa, compareceram à Camila Tomashinsky inauguraram uma brinquedoteca. O espaço conta com mobília, brinquedos e materiais didáticos, além de ambiente climatizado e rampas para acessibilidade.
Na mesma oportunidade, foram anunciadas as conclusões das obras de reforma e adequação elétrica, o que permitiu a instalação de aparelhos de ar-condicionado em todas as salas, bem como a implantação de infra-estrutura e equipamentos para combate a incêndios.
Já na Joaquim Fernandes, foram entregues, na ocasião, uma nova fachada, reforma em todo o telhado e as adequações elétricas e de combate a incêndio. Assim, todas as salas daquela unidade também passaram a ter aparelhos de ar condicionado.

 

Relação de Projetos de Adequação Elétrica das Escolas Municipais

Escolas reformadas/adequadas:

1. EMEB Lauro Bittencourt
2. EMEB Carmélia Melo FonsecaK
3. EMEB Jacinto Guilherme de Moura
4. EMEB Lucilene do Nascimento
5. EMEB Mariazinha Sanches de Oliveira Miloch
6. EMEB Leão Nogueira Filho
7. EMEB Camila Tomashinsky
8. EMEB Elza Vieira de Brito Zonetti
9. EMEB Enoy Chaves da Costa Leone
10. EMEB Monsenhor Victor Ribeiro Mazzei
11. EMEB Selma Maria Trevelim de Jesus
12. EMEB Julieta Arruda Campos
13. EMEB Sérgio Esgalha
14. EMEB Fausto Perri
15. EMEB Norma Gazoni Martins
16. EMEB Maria Helena de Freitas Carli
17. EMEB Hélia Pinholi Mungo
18. EMEB Joaquim Fernandes
19. EMEB Alvino Barbosa
20. EMEB Odette Costa Bodstein
21. EMEB Leila Cristina
22. EMEB Lourdes Regina
23. EMEB Fernando Gomes de Castro
24. CEMFICA TV
25. EMEB Alice Couto de Moraes
26. EMEB Maria Aparecida Pimentel Ferraz
27. EMEB Mariana Guedes Tibagy
28. EMEB Francisca de Arruda Fernandes
29. EMEB Henny Ferraz Homem

Escolas com projetos prontos para licitar:

30. EMEB Luis Aparecido Bertolucci
31. EMEB Sônia Maria Corrêa
32. EMEB Cristiano Olsen
33. EMEB Mário de Moura
34. EMEB Neyde Simão da Matta

Escolas a elaborar projeto: (dezembro)

35. EMEB Ana Maria Neri Landre
36. EMEB CAIC Ramona Martin Coelho
37. EMEB Deodato Isique
38. EMEB Ermelinda Geralda da Silva Soga (SESI) – PROJETO GRANDE
39. EMEB Joanita Galvão Sampaio
40. EMEB Silene Maria Barreto
41. EMEB Anna dos Santos de Barros
42. EMEB Ary Bocuhy (Aryzinho)
43. EMEB Darcy Fontanelli
44. EMEB Egles Gabas de Carvalho
45. EMEB José Herculano de Araújo Ordine
46. EMEB Adriano Goulart Arrueé
47. EMEB Zilda Arns Neumann

Fonte: Secretaria Municipal de Educação.

 

Ultimas Noticias