GRAVE - Borracheiro de 24 anos está internado na UTI da Santa Casa de Araçatuba CRÉDITO - RP10

Mulher que tentou matar o marido com óleo quente vai responder em liberdade

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

O que seria uma simples briga de casal quase terminou em tragédia. Um borracheiro de 24 anos está internado em estado grave, mas estável e a mulher dele, uma vendedora, de 21 anos, foi colocada em liberdade na audiência de custódia. Segundo relato da mulher, após ser agredida, ela esperou o marido dormir e jogou óleo quente, queimando, parte da cabeça, braço, pescoço e costas. A reportagem teve informação de que as queimaduras atingiram 75% do corpo. A própria mulher acionou a Polícia Militar. Ela foi encontrada no quintal da residência com um filho no colo. O caso aconteceu na noite de quarta-feira, no Bairro Novo Paraíso, em Araçatuba.

Conforme registro policial, a mulher relatou aos policiais que durante o jantar, ela teria deixado resto de alimento no prado e o marido a teria xingado de “porca e lambona”. Já no quarto, ela o empurrou e disse para ele ir embora da casa. Ainda de acordo com a mulher, o borracheiro a teria agredido com tapa e puxão de cabelo. Ela disse que aguardou o marido dormir e foi até a cozinha para esquentar o óleo por vários minutos. Depois, retornou ao quarto e despejou sobre o marido. Em seguida, acionou a polícia.

Quando os policiais militares chegaram à residência, a mulher estava no quintal com uma criança no colo. O casal tem três filhos, um de aproximadamente 3 anos e gêmeos de menos de um ano. 

O borracheiro foi levado para o pronto socorro da Santa Casa em estado grave. Ele foi levado para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) na tarde dessa quinta-feira. Há informações de que o rapaz poderá ser transferido para hospital com unidade especializada no tratamento de queimados.

 

PRISÃO

Como a mulher confessou o ocorrido, ela foi presa e levada ao plantão policial. O delegado plantonista a autuou em flagrante por tentativa de homicídio. Posteriormente, a mulher foi apresentada em audiência de custódia, quando o juiz concedeu a liberdade. Agora ela vai responder pelo crime em liberdade. 

As circunstâncias do fato serão apuradas por meio de inquérito policial instaurado pela Polícia Civil.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Speed Park conclui mais uma edição da escolinha de kart

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – BIRIGUI A escolinha de kart é um projeto gratuito, realizado …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *