24.1 C
Araçatuba
quarta-feira, agosto 17, 2022

Mais de 600 mil eleitores da região estão aptos a votar em outubro

ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA

Conforme dados disponibilizados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nessa semana, no dia 2 de outubro, primeiro turno das Eleições 2022, 156.454.011 eleitoras e eleitores poderão comparecer às urnas para escolher os novos representantes políticos. Neste ano, estão em disputa os cargos de presidente da República, governador, senador e deputado federal, deputado estadual ou distrital. No Estado de São Paulo são 34.667.793 eleitores. A Região Administrativa de Araçatuba tem 603.183 eleitores. O maior colégio eleitoral é Araçatuba, com 153.442 e o menor é Nova Castilho, com 1.287.

Para o presidente do TSE, ministro Edson Fachin, os números são “efetivamente impressionantes” e demonstram “a pujança cívica da cidadania”, uma vez que os dados revelam “o maior eleitorado cadastrado da história brasileira”. “Ao divulgar os dados e o perfil que compõe o eleitorado, o TSE cumpre uma de suas missões fundamentais que é organizar, preparar e realizar as eleições fundamentais para o Estado Democrático de Direito e para a própria democracia”, disse o ministro, acrescentando, que “este é mais um serviço que a Justiça Eleitoral presta, como tem feito em 90 anos de existência, e em mais de 25 anos do sistema eletrônico de votação em prol da democracia, em prol de um sistema seguro, transparente e auditável”.

A Região Administrativa de Araçatuba é composta por 43 municípios, com população estimada de 819.830 habitantes. São 603.183 eleitores. Isso siginifica que 73,57% dos habitantes são eleitores. Porém, esse percentual muda muito de acordo com a cidade. Em Nova Castilho, por exemplo, são 1.290 moradores e 1.287 eleitores. Em Clementina os eleitores representam 62,14% dos habitantes. Há casos específicos, como Lavínia, com 12.581 habitantes e 3.966 eleitores. A explicação é que a cidade tem elevada população carcerária que não vota.

 

ARAÇATUBA

Segundo as estatísticas da Justiça Eleitoral, houve um aumento de 6,21% do eleitorado desde as últimas eleições gerais do país, em 2018. Naquele pleito, o número de eleitoras e eleitores habilitados a votar era de 147.306.275. Já em Araçatuba, em 2018 eram 144.287 eleitores. Como passou para 153.442, o aumento foi de 6,34%. Em 2016, Araçatuba tinha 142.493 eleitores e em 2020, 151.463.

A exemplo do Brasil, as mulheres são maioria. Os dados do TSE mostram que 82.706 eleitoras (53,90%) e 70.671 eleitores (46,06%). São 65 (0,04%) que não declararam gênero.

Quanto ao nível de escolaridade, 33,.96% têm o ensino médio completo e 19,46% têm ensino superior completo.

 

BRASIL

O estado de São Paulo continua a ser o maior colégio eleitoral brasileiro, com 22,16% de todos os eleitores. Isso significa que, a cada cinco votantes no país, um reside em São Paulo. Em seguida aparecem os estados de Minas Gerais, com 10,41% do total de eleitores e Rio de Janeiro, com 8,2%. Ao todo, a região Sudeste concentra 42,64% de todo o eleitorado nacional.

Em contrapartida, os três estados com menor eleitorado estão na região Norte, que responde por apenas 8,03% dos eleitores. Roraima (0,23%), Amapá (0,35%) e Acre (0,38%) são as unidades da Federação com menos eleitores, respectivamente. Ainda com relação às regiões, o Nordeste vem logo após o Sudeste, com 27,11% do eleitorado. Na sequência aparecem o Sul (14,42%), Norte (8,03%) e Centro-Oeste (7,38%).

 

Entre os municípios brasileiros, São Paulo também detém o maior número de eleitoras e eleitores, com 9.314.259 de pessoas. Em seguida aparecem Rio de Janeiro (5.002.621), Brasília (2.203.045), Belo Horizonte (2.006.854) e Salvador (1.983.198).

Os menores colégios eleitorais, em contrapartida, estão nos municípios de Borá (SP) (1.040), Araguainha (MT) (1.042), Serra da Saudade (MG) (1.107), Engenho Velho/RS (1.213) e Anhanguera/GO (1.234).

 

 

Ultimas Noticias