PROMOÇÕES - Lojistas anunciam semana de promoções da "Black Friday" em Araçatuba

Lojas de Araçatuba aderem à Black Friday; Associação Comercial projeta até 5% de aumento nas vendas com promoções

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Uma promoção que começou nos Estados Unidos e chegou ao Brasil primeiramente no formato e-commerce, está tomando conta do comércio em Araçatuba. A “Black Friday” (Sexta-Feira Negra, em inglês) já é uma realidade em lojas dos mais diversos seguimentos no centro da cidade. O objetivo é chamar a atenção de consumidores, alavancar as vendas antes mesmo do mês de dezembro, e manter seu espaço de destaque em meio à concorrência cibernética.

Desde as últimas semanas já é possível observar, em meio às decorações de Natal que já tomam conta do comércio araçatubense, alguns tons de preto, indicando promoções da “Black Friday”. A reportagem passou por alguns locais nesta terça-feira e constatou descontou que variavam entre 30% e 70% em diversos produtos.

Uma loja de produtos para animais domésticos, na rua Cristiano Olsen, por exemplo, anuncia bem na sua entrada as promoções da data, com descontou que chegam à 50% em marcas de rações e casinhas para pets. Um outro estabelecimento especializado na venda de móveis oferece 30% de desconto em alguns tipos de produtos que estão no mostruário, logo na entrada da loja.

As grandes lojas de rede presentes no calçadão e no entorno do Centro também não deixaram a data passar despercebida e aproveitam o seu bom engajamento pela internet para anunciar promoções físicas e outras que podem ser encontradas em seus sites na internet. As promoções atingem desde roupas, acessórias, até eletrodomésticos e eletrônicos.

Uma loja especializada em venda de motocicletas, na rua Luiz Pereira Barreto, espalhou cartazes nas vitrines, chamando a atenção do público para descontos em diversos modelos presentes no hall.

Supermercados da cidade também aderiram à promoção, oferecendo descontos diferenciados. Pelo menos três das principais lojas do ramo em Araçatuba estão trabalhando no visual e até em peças publicitárias anunciando promoções em produtos e compras válidas nesta semana.

Para o diretor da ACIA, Associação Comercial de Araçatuba, Osney Ferracioli, as lojas físicas sentiram necessidade de trazer a promoção para o comércio de rua para manter o seu espaço junto ao gosto dos consumidores.

“Começou pela internet e as lojas físicas observaram que deveriam entrar nestas promoções para conseguir segurar os consumidores nas suas lojas e, com isso, eles começaram a fazer as promoções”, afirmou.

Para a edição deste ano, a expectativa da entidade é de que haja 5% a mais de vendas nas lojas físicas em Araçatuba em relação ao mesmo período do ano passado. Neste ano, o “Black Friday” ocorre nesta sexta-feira (27), porém as promoções já estão em vigor em vários estabelecimentos.

“As lojas físicas estão fazendo 4 ou 5 dias, estão fazendo a semana da Black Friday, e com isso as vendas têm sido muito positivas”, analisa Osney Ferracioli.

O diretor da Associação Comercial acredita que o consumidor já se acostumou a esta data relativamente nova para as compras e já está pegando o hábito de reservar valores para aproveitar as promoções da última semana de novembro.

“Quando você tem o dinheiro para comprar à vista, você tem um poder maior de negociação. Tudo que se paga no dinheiro você consegue um desconto maior. Então a Black Friday hoje é um Natal antecipado para os lojistas e para os consumidores”, analisou Ferracioli.

E-commerce

A preocupação das lojas físicas em ficar com uma fatia do “bolo” se justifica pelos números divulgados sobre a movimentação comercial de vendas pela internet na “Black Friday” do ano passado.

Segundo dados da empresa Inteligência de Mercado Compre&Confie, o movimento consolidado nas compras da “Black Friday” em 2019 chegou a R$ 3,87 bilhões em todo o país entre os dias 28 e 29 de novembro, um valor quase 31% acima do esperado pela própria empresa.

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico divulgou um movimento de R$ 3,5 milhões estimado para a mesma data no ano passado, o que representaria um crescimento de 20% maior do que em 2018.

Já o relatório da Social Minner, empresa que une dados de consumo, tecnologia e humanização, divulgou que durante todo o mês de novembro do ano passado foram movimentados R$ 11,95 bilhões em compras pela internet, sendo que a região Sudeste do Brasil liderou com folga as compras, com 62,69% dos negócios.

O ticket médio das compras girou em torno de R$ 467,30. Produtos de beleza, além de eletrônicos e informática foram os mais comercializados.

Origem

A “Black Friday” teve origem nos Estados Unidos e vem logo depois da quarta quinta-feira do mês de novembro, quando é comemorado o “Dia de Ação de Graças” no país. Para aproveitar o estoque e não encalhar mercadoria, estabelecimentos passaram a oferecer grandes descontos para estimular os consumidores, de modo que a data passou a ser a principal para o comércio norte-americano.

Com a chegada das redes sociais, as promoções ganharam a internet e dessa forma chegaram aos outros países, que foram criando suas próprias promoções para não perderem espaço para o comércio estadunidense.

No Brasil, a primeira “Black Friday” reuniu 50 lojas e foi feita em 2010, totalmente on line, no dia 28 de novembro.

DECORAÇÃO – Em meio às decorações de Natal, o preto ganha destaque com as promoções de novembro

Compartilhe esta notícia!

Veja também

Cerca de 150 policiais devem completar ciclo da vacinação contra a covid nesta terça em Araçatuba

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA Policiais e agentes de segurança que não tomaram a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *