24 C
Araçatuba
sábado, agosto 13, 2022

INTERNAUTAS DEVEM FICAR ATENTOS E EVITAR GOLPES PELAS REDES SOCIAIS

Diversos golpes pelas redes sociais têm sido aplicados nos últimos dias em Araçatuba. A ousadia dos criminosos é tão grande que eles inventam estratégias que acabam sendo difíceis de serem descobertas pelas vítimas. A modalidade de ação tem despertado a atenção de autoridades e especialistas.
\Ao longo do mês de julho, época de realização de grandes festas no município, estelionatários se aproveitam da situação para enganar as pessoas. Um caso que chamou bastante a atenção e que envolveu diversas vítimas foi o de uma pessoa desconhecida que criou um perfil falso em uma rede social e passou a negociar falsos ingressos para eventos por meio dele.
O golpista diz aos alvos que comprou o ingresso, mas que não poderá mais comparecer à festa. Diante disso, ele oferece o convite por um preço mais em conta. Para concluir o golpe, o autor pede para que os compradores depositem a quantia em dinheiro em uma conta para depois encaminhar os ingressos. Pelo menos quatro pessoas caíram na mesma ação nos últimos dias na cidade.
O fato acende um alerta para os usuários das redes sociais. Para Pedro Pereira de Souza, especialista em Tecnologia da Informação, os internautas devem se atentar a alguns pequenos detalhes, mas que fazem toda a diferença para identificar um perfil falso na internet, por exemplo.
“Verificar a quantidade de amigos, por exemplo. Se a pessoa não possuir tantas amizades ou até mesmo curtidas, nos casos das páginas, desconfie”, alertou.
Ainda de acordo com Souza, pode acontecer também do perfil já ter certa quantidade de amizades, mas não deixar de ser falso. “Nesses casos, é importante a pessoa se atentar se esse perfil foi criado recentemente, na época da realização de um evento, por exemplo“, informou.
O representante da empresa oficial vendedora dos ingressos procurou a Central de Flagrantes na última semana para registrar boletim de ocorrência. Ele informou em depoimento aos investigadores que o investigado aproveitou a página oficial de divulgação e começou a entrar em contato com os usuários.
O estelionatário alega que comprou o convite, mas não irá poder mais comparecer ao evento e acaba iludindo as vítimas a comprarem o ingresso inexistente pelo valor de R$ 230.

OUTRO GOLPE
Outro tipo de golpe que tem se tornado muito comum em Araçatuba é a compra pelas redes sociais. No início do mês, uma autônoma de 37 anos efetuou uma compra de dez peças de roupas por meio de uma loja virtual no Instagram.
A vítima adicionou a suposta vendedora no WhatsApp e passou a negociar toda a compra pela rede social. O valor total dos produtos ficou em R$ 337,90. A autônoma depositou o pagamento em uma conta de Maracanau, no estado do Ceará.
Conforme os dias foram passando, a declarante percebeu que a mercadoria não chegava. Ela chegou a entrar em contato com a estelionatária, mas não conseguiu nenhuma resposta. O especialista em TI alerta para esses tipos de casos.
“Os internautas possuem algumas ferramentas importantes para combater esses tipos de fraudes. No site do Procon São Paulo, por exemplo, existe uma lista com mais de 400 sites que são considerados inadequados para comprar. A última atualização foi feita em abril deste ano. Outra maneira é acessar o portal “Registro BR” e verificar se determinado endereço eletrônico possui domínio registrado. Se não tiver, desconfie e evite acessá-lo”, concluiu Pedro Pereira de Souza.
Todos os casos estão sendo investigados pela Polícia Civil de Araçatuba, mas até agora ainda não há pistas de nenhum suspeito.

VITOR MORETTI
Araçatuba

Ultimas Noticias