18.9 C
Araçatuba
segunda-feira, maio 16, 2022

HOMEM É MORTO A TIROS E ENCONTRADO EM PASTO NA ZONA NORTE DE ARAÇATUBA

A onda de violência em Araçatuba continua assustando toda a população. Mais um homicídio foi registrado no município na manhã de quinta-feira (16), o terceiro somente nesta semana. Um homem foi morto a tiros e o corpo dele foi encontrado logo nas primeiras horas da manhã em uma área de pastagem no bairro Mão Divina, zona norte da cidade.
De acordo com informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, policiais militares receberam uma denúncia de um morador que passava pelo local quando avistou no meio do pasto o corpo de Jefferson de Oliveira Ferreira, 39 anos. O Copom (Central de Operações da Polícia Militar) comunicou o fato às viaturas, que deslocaram-se até o endereço.
Chegando lá, os PMs perceberam que a vítima já estava sem vida e com várias perfurações por tiros, principalmente na região da cabeça. Diante disso, a área foi isolada e equipes da Polícia Civil e da Perícia Técnica compareceram ao local do crime para iniciar as investigações de mais um homicídio na cidade.
Os peritos encontraram pelo menos cinco perfurações por arma de fogo no corpo do homem, algumas delas na região da cabeça. A suspeita é a de que o calibre usado no assassinato seja de um revólver 38. Um laudo deverá ficar pronto nos próximos dias para auxiliar os policiais nas investigações.
O corpo já estava em rigidez, por esse motivo, o setor de investigações da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) desconfia que o crime tenha ocorrido durante a madrugada de ontem. Nenhuma testemunha foi encontrada e os autores continuavam foragidos até o fechamento desta edição.
O corpo de Ferreira foi encaminhado pela funerária até o IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame necroscópico. Um laudo deverá ficar pronto em até 30 dias para ajudar nas investigações. A Polícia Civil já abriu inquérito para investigar a ação e descobrir se existe algum tipo de relação com os outros crimes ocorridos durante a semana.

ONDA DE VIOLÊNCIA
Desde a última sexta-feira (10), Araçatuba vivencia uma série de assassinatos e tentativas de homicídio. Há uma semana, um homem foi espancado e abandonado na rua José Geraldi, no bairro Primavera. Ele foi socorrido por uma equipe do Resgate, do Corpo de Bombeiros, e ficou internado na Santa Casa até segunda-feira, quando não resistiu aos ferimentos e morreu.
Já no sábado, um estudante de 18 anos estava em uma rua do bairro Pinheiros quando um veículo Ford/Fiesta, de cor prata, se aproximou com três ocupantes em seu interior. Os suspeitos sacaram uma arma de fogo e passaram a atirar no rapaz. O jovem foi atingido por diversos tiros na cabeça e morreu ainda no local.
Já no domingo à noite, no bairro Atlântico, também zona norte do município, uma família inteira foi baleada por criminosos. Além deles, uma vizinha também foi atingida pelos disparos de calibre nove milímetros, que é de uso restrito das Forças Armadas. Os autores atiraram em uma dona de casa, nos dois filhos pequenos, um de cinco anos e o outro de 13, no pai deles, um eletricista de 23 anos e na vizinha.
Todos foram socorridos com vida e encaminhados até a Santa Casa. A dona de casa continua internada em estado grave e sem previsão de alta. Os filhos dela também estão em observação e o estado de saúde dele, assim como do eletricista, segue estável. A vizinha da família já recebeu alta.
Na última segunda-feira (13), o primo do eletricista que havia sido baleado foi encontrado morto dentro da residência que morava no bairro Jardim Tv com sinais de execução. Foram pelo menos três tiros na cabeça. Os dois já tinham passagens criminais por tráfico de drogas e a Polícia Civil acredita que possa haver alguma relação entre os crimes.

Vitor Moretti
Araçatuba

Ultimas Noticias