14.7 C
Araçatuba
quarta-feira, agosto 10, 2022

Especialistas pedem atenção com os filhos após vídeos com boneca tenebrosa

Vitor Moretti – Araçatuba

Ela é assustadora. Tem os olhos esbugalhados e um sorriso misterioso. A boneca ‘ Momo’ tem assustado muitas crianças e tirado o sono de pais e mães em todo o país. É que existem relatos de que a imagem da boneca invade vídeos de desenhos infantis com dicas suicidas e de automutilação. Na região de Araçatuba já houve relatos do tipo.
Foi o caso da pespontadeira Nayara Lopes dos Santos, moradora em Birigui. Na última semana, ela e o marido passaram por um verdadeiro susto quando o filho, de apenas três anos de idade, tentou se enforcar com uma corda de varal dentro da residência que moram.
Segundo Nayara, depois de uma conversa longa com o filho, ela e o marido descobriram que ele tinha visto um vídeo da boneca assustadora em uma rede social. “Ele tem pavor agora. A gente não pode nem falar o nome ‘ Momo’ , que ele se desespera. Disse que em um fim de semana, ele e o irmão viram um vídeo em que a boneca era enforcada”, revelou.
No dia do fato, a pespontadeira lavava roupas no quintal. No momento que ela se virou para pegar as roupas da máquina, o filho se pendurou na corda e pulou de um degrau. “Quando eu vi, ele estava com a corda no pescoço tentava encontrar o chão, mas não conseguia”.
A mulher conseguiu salvar o filho, que ficou com as marcas no pescoço. O susto foi grande, mas por sorte, nada de grave aconteceu que o menino. Hoje, a família da Nayara está mais atenta e monitora o que o filho assiste na internet ainda mais.

INVESTIGAÇÃO
A boneca ‘ Momo’ , na realidade, é uma criação de um artista japonês e foi utilizada na internet para pregar o terror às crianças em meados de 2018. Passados alguns meses, novos relatos do aparecimento da boneca surgiram, obrigando as principais redes sociais de tirarem vídeos que contenham a aparição tenebrosa. Os mesmos sites garantiram, por meio de nota, que nenhum vídeo com a boneca foi localizado em suas inspeções.
Conteúdo desse tipo violaria nossas políticas e seria removido imediatamente. Também oferecemos a todos os usuários formas de denunciar conteúdo, tanto no YouTube Kids como no YouTube”, diz a companhia, destacando que menores de 13 anos devem ter o uso restrito ao YouTube Kids, com supervisão de pais ou responsáveis. “É possível que a figura chamada de ‘Momo’ apareça em vídeos no YouTube, mas somente naqueles que ofereçam um contexto sobre o ocorrido e estejam de acordo com nossas políticas”, informou a Youtube Kids.
A dica de especialistas é uma só: que os pais parem de compartilhar os vídeos. É recomendável que os responsáveis tenham conversas regulares com as crianças e entrem em acordo sobre quais sites são apropriados, fazendo-as entender o raciocínio dessa decisão. Os filhos também devem se sentir seguros em falar sobre qualquer coisa perturbadora que tenham encontrado on-line.

MENINO MACHUCADO.jpg

Ultimas Noticias