Home Cidades Araçatuba Dos bailinhos a um acervo de 10 mil discos

Dos bailinhos a um acervo de 10 mil discos

5 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

Desde o último domingo, o ritmo do passado toma conta do piso superior do Araçatuba Shopping. Uma verdadeira discoteca ali se formou, com sons de outroras em meio a objetos que remetem a uma época em que nem se falava em CDs e ou mídias digitais para se ouvir música. São discos de vinil, vitrolas, sonatas, gramofones, taypes, K7 e VHS. Parte desse vasto material pode ser conferido no centro de compras até esta quinta-feira na 4ª Feira do Vinil, mostra que já está se tornando uma tradição anual, sempre em agosto, no local.
Organizador é José Aguinaldo Gregolete, que desde a infância tem uma história de envolvimento com a música.
Tudo começou acompanhando um irmão que, durante a década de 1970, costumava promover bailinhos, com brincadeiras dançantes, em São José do Rio Preto, onde mora. Naquele tempo, o Guina, como Gregolete é conhecido, ainda era um menino de 8 anos. Foi a partir daquele momento que passou a colecionar discos de vinil.
O costume foi mantido ao longo dos anos e, na atualidade, ele possui um acervo de aproximadamente dez mil “bolachões”, nome com o qual ficou apelidada antiga mídia destinada à execução de músicas.

a8 discos.jpg
A variedade é grande não só em número de itens. Guina possui vinis que vão de 1940 até os dias atuais, quando os discos voltaram a ser produzidos, embora em menor escala, numa comparação com o passado.
O acervo impressiona pelas raridades O amante da MPB (Música Popular Brasileira) pode encontrar, por exemplo, o disco “Tábua de Esmeralda”, do cantor Jorge Ben, que chegou a ser classificado pela revista “Rolling Stones” como um dos melhores discos brasileiros de todos os tempos. Ou, ainda, “Racional”, um dos álbuns de maior repercussão de Tim Maia (1942-1998), também listado entre os melhores do Brasil pela famosa revista de música.
A coleção de clássicos contempla outros grandes nomes da música nacional. De Milton Nascimento, pode ser visto “Clube da Esquina”, um dos seus primeiros LPs. Há também um disco dos Beatles autografado por Paul McCartney.
Amante de rock e colecionador há mais de 40 anos, Guina resolveu dividir seu material de quatro formas: coleção particular, coleção estoque, coleção loja e coleção evento. Além de Araçatuba, Guina já expôs seu trabalho em vários municípios da região, como Andradina, Penápolis, Coroados e Birigui.
Os visitantes da feira podem comprar vários dos discos expostos. No espaço, o amante da boa e velha música pode ainda adquirir um relógio de parede com a capa de algum álbum do seu artista favorito.

a8 discos1.jpg

 


Compartilhe esta notícia!