Condenado por estelionato, assessor informal de vereador é preso

Compartilhe esta notícia!

O assessor informal (não nomeado) de um vereador de Araçatuba, G.C.O.C., de 44 anos, foi preso na tarde de sexta-feira no Bairo Icaray. Havia um mandado de prisão expedido pela justiça. G.C. foi condenado a dois anos, nove meses e 18 dias de reclusão, com início da pena em regime semiaberto, além de multa no valor de 26 dias-multa. O assessor informal foi condenado por estelionato (crime continuado). Quando era assessor de outro vereador, G.C. ficou com o dinheiro de um idoso referente a uma negociação de débito de água.
Condenado em primeira estância, o assessor recorreu, mas a sentença foi mantida pelo Tribunal de Justiça. “o apelante foi condenado como incurso no artigo 171, §4º, c.c. artigo 71 (por três vezes), ambos do Código Penal, à pena de dois anos, nove meses e 18 dias de reclusão, com regime semiaberto para o início do cumprimento, e multa no valor de 26 dias-multa”. O TJ manteve a sentença e em seguida foi expedido o mandado de prisão.
Na tarde de sexta-feira os policiais da Rocam foram informados de que uma pessoa procurada pela Justiça estava em determinada esquina do Icaray. Foram para o local. Foi feita a abordagem e ao consultarem o sistema constataram o mandado de prisão em aberto. G.C. foi apresentado no plantão policial para providências


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Banco de Sangue de Araçatuba convoca doadores

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA O Banco de Sangue de Araçatuba faz um apelo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *