‘CELSÃO”, MAIS UM AMIGO QUE SE VAI

Compartilhe esta notícia!

HÉLIO NEGRI

 

Implacável, desde que apareceu repentinamente no ano passado, a COVID 19 nos fez perder mais um amigo: desta vez foi o Celso Francisco da Silva que conheci desde os tempos do Convequipe (na década de 1970) quando o empresário Chaim Zaher iniciou a sua trajetória em Araçatuba, para depois se tornar um dos mais importantes educadores do Brasil. O “Celsão” – como era conhecido – trabalhou com Zaher a vida toda. Era um faz-tudo, além de um amigo com quem todos podiam contar a qualquer hora.

Sua história também se mistura à história do Objetivo e atualmente do Sistema SEB/Thathi. Um homem de confiança, de pouca fala e encontrado sempre pelos corredores da escola com sua caixa de ferramentas, uma caneta no bolso e, muito depois cabelos e barbas brancas. Celso formava com outros três amigos (Terezinha Manarelli Mendes, “Néia” Monteagudo de Souza e Osmar Hilário, o Pelé), o quarteto remanescente de funcionários que acompanhou desde o início os passos vitoriosos trilhados pelo casal Chaim e Adriana.

A notícia surpreendeu a todos. Durante 74 dias, permaneceu na UTI, em luta constante contra o novo coronavírus. Melhorava um dia, piorava no dia seguinte, apresentava-se esperançoso, os amigos dando força ao embate, mas em vão. É o roteiro triste e até mesmo cruel que atinge parcela expressiva deste Brasil que não reconhecemos, ou não conseguimos compreender tamanha a dor que abate milhares de famílias.

Às 10h de ontem (21) o coração valente do “Celsão” admitiu a derrota, logo ele que topava qualquer parada. Introspectivo, aparentava ser um homem de difícil convivência, mas para quem conseguia abrir as portas desse mesmo coração, encontrava um ser humano com disponibilidade total para pequenos e grandes gestos no cotidiano, ajudas e palavras generosas sem nada em troca. No próximo dia 08 de junho, completaria 67 anos.

“Ele esteve presente e dedicou-se ao crescimento de nossa escola, será sempre lembrado e homenageado por todos nós, com muito carinho e admiração”, diz  o comunicado do SEB/Thathi. O velório acontecerá hoje a partir das 8h e seu sepultamento ocorrerá às 17h no Memorial Laluce. Que descanse em paz !

 

Hélio Negri é radialista, jornalista, professor e diretor regional da UNIP, Universidade Paulista, Campus de Araçatuba. Também estava lá em 1977.

 

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Região recebe mais doses; vacinação ocorrerá neste sábado e domingo

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA A região de Araçatuba vai receber mais doses de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *