Home Cidades Araçatuba Ceagesp faz doação de kits de alimentos para famílias carentes em Araçatuba

Ceagesp faz doação de kits de alimentos para famílias carentes em Araçatuba

10 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Dezenas de pessoas estiveram nesta quinta-feira pela manhã na sede da CEAGESP, a Companha de Entrepostos e Armazéns Gerais do Estado de São Paulo, para receber alimentos doados em ação social realizada no local por sua própria diretoria. Cada representante de família que foi até o local saía com uma sacola cheia de frutas, legumes e verduras doados pelos clientes do local e por um produtor que trabalha dentro do Ceasa.

A doação ocorreu de forma simultânea em 13 cidades do interior e na Capital Paulista, onde foi organizado um sopão, no horário das 18h, feito com produtos que não foram comercializados.

Em Araçatuba, antes das 8h, voluntárias do projeto se encarregavam de separar os alimentos por igual para a doação. Assim que as pessoas cadastradas chegavam formavam uma fila que chegava até o lado de fora do prédio, para o recebimento dos kits.

Segundo Dilene Maria de Souza Galvão, que é voluntária das ações sociais da CEAGESP em Araçatuba há mais de 20 anos, é gratificante a sensação de ajudar quem mais precisa. Ela contou à reportagem que já fez outras atividades voluntárias dentro do Ceasa.

“Hoje nós estamos doando alimentos, já fizemos outros trabalhos, a gente fazia pão antigamente, a gente já fez muitos trabalhos aqui, agora estamos no banco de alimentos” explicou Dilene. “Antigamente a gente não doava assim, as pessoas entravam e pegavam ali nos boxes, lá eles colocavam as caixas e o pessoal pegava. Aí depois que eles puseram esse negócio da gente trazer aqui e dividir, aí a gente divide por igual”, concluiu, explicando como é feita a distribuição dos alimentos agora.

Para Lúcia, dona de casa que mora no bairro Aviação, a ajuda veio em boa hora, já que ela está desempregada e com dificuldades financeiras. “Foi muito bom, estou desempregada, estava precisando”, agradeceu a mulher, que foi uma das dezenas de pessoas que compareceram.

A distribuição aconteceu de forma rápida. Em cerca de 20 minutos todos já haviam recebido seus kits. Parte dos alimentos entregues saiu da horta do produtor Adenirço Cordeiro da Silva. Ele produz diversos alimentos dentro do próprio Ceasa em Araçatuba e, além de tirar o seu sustento, doa parte da produção para o projeto social que beneficia famílias.

“Eles me dão a água, a energia e a terra, a irrigação eu comprei por minha conta, que já está de bom tamanho. E meu combinado com ele é quando eu vejo que vai sobrar eu vou lá doar pra eles”, afirmou Aderniço, que ainda comemorou a renda que tem tido em seu trabalho. “Eu fiquei aqui 6 anos, saí, aí voltei pra cá em julho, e estou conseguindo tirar cerca de R$ 80 por dia, de domingo a domingo”, comemorou.

Atualmente, cerca de 100 famílias estão cadastradas nesta ação social de doação de alimentos que têm ocorrido três vezes por semana no local. Todas as segundas, quartas e sextas, os representantes das famílias cadastradas são divididos e beneficiados uma vez na semana. Nesta quinta-feira houve ação especial de doação sincronizada com outras unidades do estado.

O gerente operacional da Ceagesp, em Araçatuba, Wanderley Pereira Júnior, afirmou que esse banco de alimentos existe 2004 e precisou ser reorganizado para atender as famílias de uma forma mais justa.

“O banco de alimentos nosso já existe desde 2004. A gente procurou os permissionários, as pessoas que estavam vindo pegar as mercadorias, organizou, pegou os voluntários, cadastrou as famílias, foi verificar se essas pessoas que estavam vindo eram pessoas que realmente necessitavam do alimento. Cada dia é uma turma que vem, para não dar aglomeração e para que tenha alimento pra todo mundo”, explicou.

Alimentos como cebolinha, alface, almeirão, batata, cebola, tomate, beringela, abobrinha, banana, melancia, manga, laranja, dentre outros hortifrutis, todos em boas condições, fazem parte dos kits doados às famílias.

“São alimentos daqui do CEASA, que vem para o pessoal comercializar, são produtos que retorna do mercado e que estão em condições de consumo humano. São cadastrados mais ou menos umas 90 a 100 famílias. É uma coisa que a gente faz que não dá pra atender a cidade inteira, mas dá pra atender o pessoal que a gente cadastra”, explicou Wanderley Júnior.

Para famílias interessadas em receber os kits de frutas, legumes e verduras, distribuídas pela Ceagesp, em Araçatuba, Wanderley Júnior informou que o cadastro atualmente está completo, já que não é possível receber mais pessoas para doação para evitar aglomerações nas filas, por causa da possibilidade de contágio pela covid-19.

O gerente da Companhia, porém, afirmou que os interessados podem procurar o banco de alimentos no local para fazer um cadastro para a lista de espera. Será feita uma triagem pela equipe do local e os selecionados passarão por uma entrevista para se conhecer as condições do postulante a beneficiário.

“Pode procurar aqui o Banco de Alimentos e a gente passa uma lista de documentos que ela precisa e depois fazemos uma entrevista com essa pessoa para poder analisar e colocar ela no cadastro e ela participar da arrecadação no momento oportuno”, concluiu Wanderley Júnior.

GERENTE – Wanderley Pereira Júnior, gerente operacional, afirma que ação social ocorre há 16 anos
DUÇÃO – Horta localizada dentro da companhia abastece banco de alimentos

 


Compartilhe esta notícia!