Home Cidades Araçatuba Capela Santa Rita tem transmissão de missa nas comemorações em louvor a padroeira

Capela Santa Rita tem transmissão de missa nas comemorações em louvor a padroeira

3 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Suspensa devido às medidas preventivas contra a pandemia do Covid-19, a tradicional festa em louvor a Santa Rita de Cássia em Araçatuba ganhou duas novidades para 2020. A capela do bairro São Joaquim em devoção à padroeira transmitirá missa e terá ainda um gesto de solidariedade. Festividade em louvor a Santa Rita é considerada festa oficial de Araçatuba.

A festa de Santa Rita reúne milhares de fiéis anualmente, sendo que no dia da padroeira, em 22 de maio, a circulação de devotos na capela chega a dez mil pessoas. A celebração é considerada uma festa oficial de Araçatuba, conforme decreto municipal.

Conforme o padre Fernando Stanicheschi, pároco da Paróquia Sant’Ana, responsável pela Capela Santa Rita, durante a semana a secretaria da capela está recebendo doações de alimentos para repasse às famílias carentes. As doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h.

“Como parte das comemorações, reativamos o Facebook da Capela (@capelasantarita.ata) e estamos transmitindo missas aos sábados, às 19h, em uma parceria com o Grupo de Oração Jovem Sarça Ardente. E propomos ainda a todos os fiéis o gesto concreto em louvor a Santa Rita para as famílias mais carentes. Contamos com todos para ajudarmos tantos irmãos que necessitam”, explica.

 

DIA DE SANTA RITA

Com o cancelamento da missa campal que reúne pouco mais de cinco mil pessoas todos os anos, a Capela Santa Rita irá transmitir a missa votiva no dia de Santa Rita, às 20h, direto da igreja. A celebração será presidida pelo padre Fernando Stanicheschi e concelebrada pelo padre Roberto Teixeira, vigário local. A transmissão ao vivo será a partir do Facebook da Paróquia Sant’Ana.

“Convidamos a você e a sua família para nos acompanhar. Pediremos a Deus, pela intercessão de Santa Rtia, o final desta pandemia”, conclui.


Compartilhe esta notícia!