6.4 C
Araçatuba
quinta-feira, maio 19, 2022

Birigui volta a ter transporte coletivo nesta segunda

DIEGO FERNANDES –

O transporte coletivo urbano de Birigui deve voltar a circular nesta segunda-feira (28). É o dia em que termina o prazo de cinco dias úteis estabelecido no contrato emergencial entre a prefeitura e a empresa Transmimo, de Valinhos (SP), para o reinício das atividades.
Birigui está sem o serviço de transporte coletivo desde o dia 19 de março, quando a antiga empresa Auto Viação Suzano encerrou as atividades na cidade. O fim dos trabalhos foi comunicado em ofício no dia 17.
A prefeitura vinha trabalhando na contratação de uma nova empresa desde o começo do mês, quando a Viação Suzano já havia paralisado os trabalhos por um dia alegando problemas judiciais, erro reconhecido pela própria empresa logo depois.
O contrato com a Transmimo, a nova empresa, é de seis meses, e custará R$ 966 mil à prefeitura de Birigui. A direção da empresa fez a contratação de nove motoristas ao longo desta semana, que vão atuar no serviço.
De acordo com a secretaria de mobilidade urbana de Birigui, serão ao todo seis ônibus da empresa circulando e fazendo o itinerário pré-determinado. Cinco deles farão o transporte normal e outro ficará na reserva para uma eventualidade. Os ônibus chegam neste fim de semana à cidade.
O serviço será oferecido das 6h às 19h de segunda à sexta, e das 7h às 15h aos sábados. Não haverá circulação aos domingos. Os horários de cada linha devem ficar disponibilizados no terminal rodoviário.
Os usuários deverão contar com um guichê da empresa no terminar rodoviário para facilitar a compra de passagens, que vão seguir custando R$ 4,75, conforme valor reajustado pela prefeitura de Birigui ainda no começo deste mês, ainda para ser praticado pela empresa anterior.
Licitação
Durante os seis meses de atuação da Transmimo, a prefeitura de Birigui seguirá trabalhando no processo de licitação para contratação em definitivo de outra empresa para a execução do serviço.
Até o final de setembro, o executivo terá de estar com contrato assinado com a nova empresa.
De acordo com a prefeitura, cerca de 20 mil pessoas utilizam diariamente o transporte coletivo em Birigui e foram prejudicadas com esta última semana de paralisações.

Ultimas Noticias