Home Cidades Araçatuba Birigui abre chamada pública para aquisição de alimentos da agricultura familiar

Birigui abre chamada pública para aquisição de alimentos da agricultura familiar

3 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – BIRIGUI

A Prefeitura de Birigui abriu nesta quinta-feira, dia 1º de agosto, cadastramento de agricultores familiares para aquisição de gêneros alimentícios pelo PAA (Programa de Aquisição de Alimentos). No processo está previsto a compra de hortifrutigranjeiros, carne, cereais, laticínios e polpa de frutas.
Birigui foi uma das 73 cidades do Brasil que tiveram propostas aprovadas pelo Ministério da Cidadania para participar do PPA. Os itens podem ser fornecidos por agricultores familiares individuais e grupos formais e informais de agricultores – cooperativas e associações – enquadrados no Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar).
O PAA tem como objetivo incentivar a agricultura familiar e atender famílias carentes da cidade. “Temos ações vinculadas à distribuição de produtos agropecuários para entidades sociais que trabalham com pessoas em situação de insegurança alimentar”, explicou a diretora do Departamento de Agronegócios e Segurança Alimentar, Regina Aparecida Biancolin.
Os produtores interessados em se credenciar devem apresentar a documentação necessária para habilitação (cópias do RG, CPF e da DAP – Declaração de Aptidão ao Pronaf ou extrato da declaração).
A proposta de venda de alimentos deverá ser apresentado até o dia 20 de agosto, até às 16h, no Departamento de Agronegócios e Segurança Alimentar, na rua Saudades, 1.250, Centro.
O edital completo da chamada pública e o modelo da proposta de fornecimento estão disponíveis no site oficial da Prefeitura de Birigui (www.birigui.sp.gov.br), na seção licitações.

SERVIÇO
Outras informações podem ser obtidas no Departamento de Agronegócios e Segurança Alimentar, localizado na rua Saudades, 1.250, Centro, ou pelo telefone (18) 3644-2729.
O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h.
“Atualmente o Programa atende a maioria das entidades e projetos sociais da rede pública e privada, fortalecendo também a rede de Assistência Social”, completou a diretora do Departamento de Agronegócios e Segurança Alimentar.

 


Compartilhe esta notícia!