ANEXO - Banco de Sangue fica anexo ao hospital Unimed Araçatuba

Banco de sangue tem 40% de queda nas doações e necessita de tipagens negativas

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

O Banco de Sangue de Araçatuba está com um alto déficit de doadores e seus captadores estão fazendo apelo à população para que façam doações no local para recuperar os estoques sanguíneos.

De acordo com Gilson Cirino, que é captador de doadores do local, o Banco de Sangue teve uma queda de 40% nas doações de sangue desde o novo agravamento da pandemia, em março. Os tipos sanguíneos mais em falta são O- (Ó negativo) e A- (A negativo).

O local precisa de uma media de 35 a 40 doações por dia para que não falte sangue, porém, nos últimos dias a media de doações tem ficado bem abaixo disso, chegando nos seus piores dias em apenas 14 doadores diários.

“Existem aqueles tipos sanguíneos mais difíceis, então eles se tornam mais difíceis para gente aqui no nosso estoque. Então todos os tipos sanguíneos negativos a gente está com maior carência”, explicou o captador. “A gente está vibrando quando a gente consegue 30, mas a gente precisaria em uma media para ficar confortável de 35 a 40 doações por dia e a gente não está conseguindo manter essa media”, contou.

Segundo o captador, o sangue O- é considerado doador universal e é o que mais está em falta, já que é o mais requisitado pelos hospitais, já que em casos de urgência, em que não há tempo para exames, este tipo sanguíneo é utilizado pelos médicos.

O tipo A- é utilizado com pacientes que possuem os tipos A e AB e por isso também é bastante requisitado pelos hospitais.

Atualmente, o Banco de Sangue de Araçatuba mantém convênio de fornecimento de sangue com o Hospital Unimed Araçatuba, com o Hospital Central de Araçatuba e com a Santa Casa de Guararapes.

“Essas três unidades médicas a gente tem que atender porque temos contrato de fornecimento. Não podemos deixar faltar e por isso precisamos de doadores para conseguir atender a demanda de transfusões. a gente está pedindo ajuda da população, das empresas, das entidades como Lions, Rotary, maçonaria, para que venha nos ajudar para a gente dar uma mudada neste cenário que está bem sombrio”, apelou Gilson Cirino.

Quem teve covid-19 pode dar

O captador de doadores do Banco de Sangue de Araçatuba afirma que pessoas que tiveram covid-19 podem doar sangue, desde que já tenha passado 30 dias do diagnóstico de cura e a pessoa não tenha mais nenhum sintoma. O mesmo período de tempo para doação deve ser aguardado por alguma pessoa que tenha vindo de viagem do exterior.

Cirino também explicou que pessoas que tomaram a vacina contra o vírus da gripe (Influenza) devem esperar até 48h após a dose do imunizante para fazer a doação. O mesmo tempo deve ser aguardado por pessoas que tomaram a CoronaVac, vacina contra a covid-19. Já para quem tomou a vacina AstraZeneca o tempo de espera para a doação tem que ser de uma semana.

“O doador precisa ter uma saúde boa, não estar fazendo uso de medicamentos para gripe, resfriado. Tem que ter de 18 a 69 anos, de 16 e 17 também pode doar desde que acompanhado do pai ou da mãe. Se fez uma doação até os 60 anos pode doar até os 69 anos, sem problema nenhum”, explicou. “Dúvidas quanto a cirurgias e medicamentos é só entrar em contato com a gente”, concluiu Cirino, deixando claro que cada tipo de medicamento demanda um tempo diferente para doação.

Serviço

O banco de sangue de Araçatuba atende de segunda à sábado na rua Gaspar Lemos, 2, no bairro Alvorada, ao lado do Hospital Unimed Araçatuba. O horário de funcionamento de segunda à sexta-feira é das 7h às 18h e aos sábados das 7h às 16h. O telefone para contato é o (18) 3607-3935, Whatsapp (18) 99650-4153.

O pedido é para que os doadores compareçam de máscara, já que o local está respeitando todas as normas de segurança e de saúde contra a covid-19. O estacionamento no local é gratuito.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Nova comandante do 2º BPM-I já quis ser médica e acredita ser a primeira de muitas mulheres no posto

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA A Tenente Coronel PM Adriana Roledo Beluzo, de 45 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *