Unidades do AME de Andradina e Araçatuba iniciam atendimento por telemedicina

DA REDAÇÃO – ANDRADINA

Seguindo os critérios da Secretaria Estadual de Saúde, os Ambulatórios Médico de Especialidades – AME’s Andradina e Araçatuba, intensificaram as medidas de higienização e adaptaram algumas ações para manter o distanciamento social em decorrência da COVID-19, sem afetar os atendimentos e tratamentos essenciais para a sobrevivência da população, sendo que unidade de Andradina é referência de 12 municípios e a de Araçatuba de 18.

Assim, em parceria com as secretarias municipais de Saúde que intensificaram os cuidados de prevenção e higienização no transporte, as unidades, visando a segurança dos usuários e acompanhantes (quando permitidos), regulamentaram algumas medidas para evitar o contágio e disseminação da COVID-19.

Dentre as ações, está uma estratégia inovadora e que promete se tornar tendência em algumas especialidades devido a eficácia no atendimento, a telemedicina, que está em funcionamento desde a última sexta-feira (12). A modalidade, consiste em um atendimento remoto, com consultas médicas e multiprofissionais, ágil e segura para pacientes e profissionais da saúde.

O atendimento via telefone, é direcionado apenas para retornos cujo prontuário médico previamente avaliado pelo profissional, não apresente nenhuma variação que necessite de orientações ou possível encaminhamento para tratamento.

“Se trata de uma resposta positiva para o paciente”. Relata o pneumologista doutor José Eduardo Garbelini Figueiredo, que realizou as primeiras ligações. “Estando tudo bem, a presença física do paciente na unidade é desnecessária e eles, tem aceitado muito bem a novidade”.

Ainda assim, o paciente continua com a opção do atendimento presencial e deve ser informada no momento da ligação da equipe do call center, agendando o retorno. Aceitando a teleconsulta, o paciente recebera a ligação do médico no dia e horário agendado e registrará em prontuário médico o número do telefone que foi feito o contato, horário e a descrição do ato da consulta com orientações e conduta.

O Relatório Médico de Contra-Referência e Encaminhamento (RME) e receituário (quando originado no atendimento), serão enviados via malote ao município de origem do paciente, caso for de Andradina, o envelope com os documentos, ficará disponível para retirada na portaria do ambulatório.

A paciente Maria Aparecida, do município de Mirandópolis, foi uma das primeiras pacientes a receber a ligação do doutorJosé Eduardo, com o retorno de que seu exame de raio-x. Ela passou por uma pneumonia e foi atendida presencialmente na unidade, realizou o tratamento e agora com o retorno (via telefone), está liberada para seguir a vida normalmente. “O doutor é muito simpático, só me deu notícia boa e eu nem precisei sair de casa”.

Outra medida implantada nas unidades, foi a instalação de tenda fora dos ambulatórios, com assentos alternados, proporcionando além de segurança para os usuários, mais comodidade na espera do atendimento.

Já as medidas que estavam em vigor desde o início da pandemia, foram intensificadas:

– Na portaria antes da entrada do paciente, a equipe de enfermagem realiza a verificação da temperatura corporal com Termômetro Digital de Testa (sem Contato, faz também o check list de sintoma gripal e orientações gerais sobre prevenção da COVID-19;

– Obrigatório o uso de máscara fácil e higienização das mãos do paciente e acompanhante com álcool 70% com o uso de borrifador, mantendo a distância de um metro;

– Os acompanhantes, serão permitidos somente para os agendamentos que constam na filipeta a obrigatoriedade, gestantes, maiores de 65 anos, menores de 18 anos e pacientes com necessidades especiais;

– O acompanhante não pode ser do grupo de risco: acima de 60 anos, cardiopatas, hipertensos, diabéticos, gestantes, asmáticos e doentes pulmonares;

– Obrigatória a sinalização com faixa fixa de 1 metro no chão para espaçamento de pessoas na entrada e na recepção do Ambulatório. Espaçamento de assentos com bloqueio de lugar para que seja mantido o distanciamento seguro;

– Álcool em gel disponibilizados em pontos estratégicos na unidade;

– Todos os profissionais paramentados com Equipamento de Proteção Individual (EPI), de acordo com as normas técnicas das Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica;

– A frequência da limpeza da unidade, principalmente banheiros, maçanetas, corrimão, elevadores, piso locais da unidade com álcool 70% ou solução de água sanitária, foi intensificada;

Será priorizado o uso da escada ao invés do elevador, se necessário, somente dois pacientes por vez no transporte.

As unidades do AME de Andradina e Araçatuba, contam com a colaboração dos pacientes e acompanhantes que forem permitidos, em busca do melhor e mais seguro atendimento e segue a disposição para demais esclarecimentos.

Veja também

Inscrições para ETEC são prorrogadas; Araçatuba e Guararapes ainda têm vagas em todos os cursos

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA O prazo para as inscrições para o vestibulinho das ETECs foi …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *