Sitiantes apontam usina como responsável por infestação de moscas

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – CASTILHO
Há vários anos sitiantes e moradores da região da Usina Vialcool, em Castilho, sofrem com a infestação da “mosca do estábulo”, que estressa os animais e compromete a produção. No entanto, agora as moscas estão invadindo residências, aumentando o problema dos moradores. Eles apontam a usina pela infestação. Vários órgãos públicos já foram acionados e p caso foi denunciado ao Ministério Público, na comarca de Andradina. O assunto já foi abordado em publicações regionais, como o Hoje Mais Andradina e o Noroeste Rural.
De acordo com as publicações, após as denúncias tornarem-se públicas, o secretário da Agricultura de Castilho, Carlinhos da Algodoeira, visitou a região afetada e constatou a gravidade do fato. A Vigilância Sanitária foi ao local constatou a infestação. O órgão elaborou um relatório e o encaminhou à Defesa Agropecuária que imediatamente fez diligências e confirmou a gravidade. No local encontraram animais com feridas provocadas pelas moscas. O insetos invadiram residências, currais e causaram até abandono de algumas atividades de pecuária.
Há preocupação generalizada com o agravamento da situação. A direção da Usina Viralcool não se manifesta sobre o assunto. Moradores cobram, também, ação mais eficaz da Cetesb (escritório de Dracena).

ORIGEM
Para sitiantes do Assentamento Ipê, o problema das moscas surgiu com o uso, pela usina, de resíduo do processamento da cana usando nas lavouras como fertilizantes. Este resíduo, segundo nos moradores, estraria atraindo as moscas. Por isso cobram providências. (Com informações Hoje Mais Andradina e Noroeste Rural).

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Final de tarde registra ventos fortes e chuva com granizo em Araçatuba

Compartilhe esta notícia!A tão esperada chuva chegou a Araçatuba no final da tarde deste domingo …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *