ALERTA - No período de 25 de outubro a 2 de novembro será proibida a execução de obra no cemitério

Prazo para manutenção dos túmulos vai até dia 25

DA REDAÇÃO – ANDRADINA

As preparações para o Dia de Finados (02/11) já estão sendo feitas pela Prefeitura de Andradina que está realizando a limpeza do Campo Santo São Sebastião. Segundo o secretário de Administração, Modernização, Defesa Social e Gestão de Pessoas, Edgar Dourado Matos a reforma de túmulos no campo Santo São Sebastião só poderá ser feita até a próxima segunda-feira, 25 de outubro. Após esse prazo, as obras só serão liberadas após o feriado de 2 de novembro (Dia de Finados).
A interrupção das obras acontece, pois neste período o cemitério recebe um grande fluxo de pessoas para visitação. “No Dia de Finados o cemitério recebe milhares de pessoas, mas o número de visitantes também cresce na semana que antecede o feriado”, disse.
É necessário que familiares não façam limpeza no Dia de Finados, que deve ser reservado apenas para a visitação dos familiares.
A estimativa é que aproximadamente 15 mil pessoas passem pelo local entre o dia 25 de outubro a 2 de novembro, seja para visita a entes sepultados no local como a participação de celebrações religiosas.

Hábitos
O dia 2 de novembro (terça-feira), é o Dia de Finados. Trata-se de uma data em que as pessoas procuram visitar os túmulos nos cemitérios para reverenciar amigos e parentes. Trata-se de uma tradição.
Por mais um ano, os visitantes do Campo Santo São Sebastião terão que continuar a ter os novos hábitos impostos pela pandemia do coronavírus. Tudo está sendo organizado para manter a visitação e cumprir as recomendações para evitar o avanço da doença.
Apesar do sucesso da campanha vacinal e a grande redução no número de casos da doença o uso de máscara ainda será obrigatório. Equipes da prefeitura vão atuar no cemitério no sentido de orientar a população quanto aos cuidados para evitar a covid.

Dengue
A orientação para a preservação da saúde também será no sentido de evitar a o aparecimento de criadouros com a colocação de vasos, já que podem acumular água e se transformarem em criadouros do Aedes aegypti.

Veja também

Atamor fará visitas a hospitais de todo o Brasil a partir de 2022; fundador pede doação de novelos de lã

Diego Fernandes – Araçatuba O grupo Atamor, de Araçatuba, que realiza ações no setor oncológico …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *