ANTECIPAR - Paulo Boaventura inicia trabalho mesmo antes da posse

Paulo Boaventura já busca parcerias para alavancar economia de Castilho

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – CASTILHO

O prefeito eleito de Castilho, Paulo Boaventura, já mantém tratativas com instituições públicas e privadas em busca do fortalecimento social e econômico de Castilho. Nessa semana ele esteve em reunião no Consórcio Intermunicipal do Extremo Noroeste de São Paulo (Ciensp), com representantes da Fundação Educacional de Andradina (FEA). Também participaram do diálogo os prefeitos Otávio Gomes (Ilha Solteira) e Fábio Dourado (Itapura), presidente e vice, respectivamente, da Associação de Municípios do Extremo Noroeste de São Paulo (Amensp).

Estiveram presentes, pelo Ciensp, a secretária-executiva Rosimeire Francé e o médico veterinário do SIM (Serviço de Inspeção Municipal), Fernando Murai. Da FEA, compareceram o professor coordenador do curso de agronomia, Leandro Barradas Pereira, o professor coordenador do curso de medicina veterinária, Fábio dos Santos Nogueira, a diretora Carla Guerra e o diretor-geral Lauro Padro.

 

INCENTIVO

Paulo Boaventura explicou que a agricultura familiar de Castilho é composta por mais de 1.200 famílias, as quais, segundo ele, precisam com urgência de políticas públicas e efetivas que incentivem suas produções e criações. O prefeito eleito defende que uma zona rural fomentada oferece um retorno direto para o desenvolvimento de toda a cidade.

‘’Precisamos criar esses mecanismos de incentivo ao trabalho e à geração de renda imediatamente, pois essas famílias necessitam de um novo ânimo. E nada melhor que o Ciensp para desenvolvermos um projeto com a participação das instituições, garantindo a credibilidade nas ações que serão implementadas. É um desafio, mas algo precisa ser feito em prol do fortalecimento das pequenas propriedades, principalmente, e da agricultura familiar’’, afirmou Paulo Boaventura.

Aos coordenadores dos cursos da FEA, o prefeito eleito em Castilho comentou sobre os benefícios de conhecimento aos acadêmicos, no caso de uma eventual parceria entre instituição e município. ‘’Aos alunos, esse contato direto com as atribuições da profissão escolhida, com certeza, enriquece e reforça a aprendizagem. Além, é claro, de incentivar nossos moradores a também estudar e ter uma profissão baseada naquilo que já desenvolvem com dedicação e afinco’’, destacou ele.

 

POSITIVISMO

O diálogo com Paulo Boaventura, de acordo com os representantes da FEA, foi importante para a instituição se inteirar sobre as necessidades do município e, posteriormente, planejar a forma de cooperação que atenda aos anseios da comunidade.

‘’Ficamos contentes ao vermos a vontade do prefeito em investir em oportunidades de crescimento para a população. Essa foi apenas uma conversa preliminar, pois cremos em uma boa parceria’’, citou o diretor-geral da FEA, Lauro Borges, antecipando que se reunirá com o futuro secretário de Agricultura e Abastecimento de Castilho, José Carlos Justi, para continuar as tratativas.

O prefeito eleito se mostrou esperançoso em relação a efetivação dos projetos voltados ao avanço econômico e social do município, incluindo o setor de turismo. ‘’São famílias com expectativas e sonhos e que, muitas vezes, já estão saturadas de palestras, pois querem resultados e têm pressa. Por isso, precisamos dessas parcerias técnicas e permanentes, além de resguardarmos esse sentimento dos filhos e netos desses agricultores, para que também tomem gosto pela atividade do campo e entendam, assim como seus pais, a importância e a grandeza dessa classe’’, concluiu Boaventura.

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Fiscais dobraram o número de operações relacionados à covid 19

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ANDRADINA Esta semana foi para as ruas da cidade a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *