DA REDAÇÃO - ANDRADINA À espera de novas remessas das vacinas contra o Coronavírus, Andradina, uma das cidades que estão mais avançadas em relação a vacinação por faixa de idade, tendo vacinado no último ciclo, idosos de 80 a 84 anos. O governo de São Paulo anunciou nesta terça-feira (23) o envio de 3,9 milhões de doses da vacina contra o novo coronavírus ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde. O lote será entregue em várias etapas. De 5 de fevereiro a 5 de março, o governo paulista estima entregar 5,6 milhões de doses ao PNI, 65% a mais que o volume previsto inicialmente. “Esperamos que a distribuição seja normalizada ainda esta semana, mas até lá é necessário que os andradinenses continuem mantendo o seu cadastro SUS atualizado, pois é a partir dele que planejamos nossas ações”, disse o secretário de Saúde de Andradina, João Leme. O cadastro atualizado no Sistema Único de Saúde (SUS) garante que o paciente possa ser contatado e assegura o planejamento de ações de saúde para cada cidade com o objetivo de dar mais qualidade no atendimento à população. O serviço nesses tempos de pandemia estão sendo realizados pelos agentes de saúde da família.“As equipes de saúde são as que estreitam os laços com os andradinenses pois são elas que estão em contato direto com as famílias e isso é uma das formas de humanizar o atendimento prestado pelo município. Durante o período de pandemia, essa conexão paciente/equipe ficou ainda maior”, disse o secretário João Leme. O secretário cita como exemplo o caso das pessoas que contraíram o novo coronavírus e não precisaram de internação foram acompanhados pelos serviços de saúde durante o isolamento. Os profissionais conseguiam avaliar o quadro clínico do paciente e a recuperação dos sintomas e a Saúde manteve sempre os dados atualizados. A6 JOÃO LEME TRABALHO - Secretário João Leme fala da importância do cadastramento DIVULGAÇÃO

A covid 19 está fazendo mais vítimas entre os jovens em Andradina, diz secretaria

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ANDRADINA

Na última semana, o Boletim Oficial do Covid 19, da Secretaria da Saúde de Andradina, começou com um dado alarmante, a doença passou a atingir mais jovens em Andradina. O secretário de Saúde de Andradina João Leme, fez um apelo as pessoas respeitarem as normas de prevenção para evitar o contágio e mais mortes no município.

“São os jovens quem são os mais infectados hoje, seja pelo comportamento nas noites ou pela maior exposição em ambientes de trabalho, mas os jovens devem se resguardar” afirmou João Leme, mencionando que existem duas pessoas com menos de 30 inspirando cuidados na UTI Covid em Andradina.

“A disciplina e orientação são as armas que a gente tem para a nossa sobrevivência”, sentenciou o Secretário.

A Covid 19, que tem sido um verdadeiro enigma a ser decifrado dia após dia pela medicina. E quando se menos espera, informações novas surgem com mutações e novos desdobramentos relacionados ao coronavírus, como o surgimento de novas variedades, incluindo o “SARS-CoV-2”, causador da COVID-19, com maior transmissibilidade causada por mutações no vírus, o que vem levando mais jovens à morte.

Novas formas da doença ainda trazem sintomas mais imperceptíveis para exame clínico e mortalidade de pessoas mais jovens, e atingindo todas as faixas etárias, atingindo bebês, crianças, adolescentes mesmo sem comorbidade.

No último sábado (6) começou em todas as cidades do Estado de São Paulo um novo ‘isolamento’ de 14 dias. A meta do Plano São Paulo é diminuir o contágio da Covid-19. Até o momento, Andradina já registrou 110 mortes por Covid-19 e 3.336 casos confirmados da doença, desde março de 2.020. Neste mês a UTI Covid implantada na Santa Casa de Andradina chegou a níveis críticos o que fez a direção da entidade de saúde a iniciar o processo de implantação de mais 10 leitos de UTI. O objetivo é dobrar a esperança de vida das pessoas contaminadas.

“Temos que evitar o colapso, pois se não houverem mais vagas de UTI Covid nestas próximas duas semanas não haverá o que fazer”, disse o médico orientando que estamos vivendo o pior momento da Covid 19 no Brasil.

Nova Cepa

Órgãos regionais de saúde já apontam para um aumento de casos em pacientes de 30 a 50 anos. A doença está evoluindo de maneira mais rápida, com sintomas mais graves já com cinco dias e não com 10 como o vírus agia no passado.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Criminosos furtam tampas de bueiros em vários pontos

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ANDRADINA Na manhã desta quinta-feira (15) foram descobertos cinco pontos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *