Home Plantão Policial Guardas municipais prendem transexual que esfaqueou homem no centro

Guardas municipais prendem transexual que esfaqueou homem no centro

3 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

Uma transexual de 44 anos de idade foi presa em flagrante na manhã de quinta-feira (25) depois de ter esfaqueado um homem, de 37, no dia anterior pela rua Luís Pereira Barreto, no centro de Araçatuba. A tentativa de homicídio teria ocorrido por uma disputa de ponto para pedir esmolas.

 

Segundo informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL, na última quarta-feira (23) pela manhã, a autora e a vítima tiveram uma discussão e em determinado momento a suspeita pegou uma faca e desferiu um golpe. Na sequência, a indiciada fugiu. Enquanto isso, o esfaqueado conseguiu andar por mais alguns metros, no sentido do Pronto-Socorro Municipal e foi localizado por guardas municipais no cruzamento entre as ruas Olavo Bilac e Quinze de Novembro.

 

O desempregado já recebia atendimento médico do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e antes de desmaiar repassou aos agentes informações a respeito da autoria. A vítima foi levada até a Santa Casa, onde deu entrada em estado grave. Até o fechamento dessa edição, a unidade hospitalar não havia atualizado o boletim médico do paciente.

 

PRISÃO

 

Desde a hora da tentativa de assassinato, os guardas passaram a fazer diligências a fim de encontrar a autora. Ontem pela manhã, a guarnição recebeu denúncia que a foragida poderia estar pelo Calçadão. As equipes foram até lá com as viaturas e realmente a encontraram.

 

A faca utilizada na ação estava escondida na cintura. A transexual confessou a tentativa de assassinato e disse que golpeou o homem depois que o mesmo teria agredido seu marido, que é cadeirante e também faz ponto pedindo esmolas no local.

 

A suspeita foi levada até a Central de Flagrantes, onde prestou depoimento. Ela continuou presa por tentativa de homicídio e irá passar por audiência de custódia ainda nesta sexta-feira (26). A Polícia Civil abriu inquérito pelo segundo distrito policial para dar continuidade às investigações.


Compartilhe esta notícia!