Home Plantão Policial Triplo homicídio em Birigui teria sido motivado por dívida de drogas

Triplo homicídio em Birigui teria sido motivado por dívida de drogas

7 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

Um crime brutal chocou toda a cidade de Birigui no último domingo (4). O calçadista Gedeon Nascimento Gomes, de 40 anos, assassinou com tiros na cabeça o jovem Igor Gabriel Alves Pereira, 20, e o casal Regimauro Borges de Sousa, 46, e Elisângela de Freitas Roque, 42, esta grávida. Todos eram moradores em situação de rua. Os homicídios aconteceram em frente ao Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua), localizado na rua Roberto Clark, no centro da cidade.

A reportagem apurou que o crime teria sido cometido durante a manhã. As primeiras vítimas do atirador foram Regimauro e Elisângela. Eles dormiam em um colchão na calçada em frente ao Centro Pop quando foram surpreendidos pelo autor, que à queima-roupa, sacou uma garrucha de calibre 38 e disparou contra a cabeça do casal.

Em seguida, o indiciado atravessou a rua e foi até Igor. Ele verificou se o rapaz dormia e disparou mais duas vezes contra a cabeça do jovem. Na sequência, o calçadista fugiu em uma motocicleta verde. As equipes do Resgate chegaram a ser acionadas, mas não havia mais nada a se fazer, pois as vítimas morreram ainda no local.

PRISÃO

Os policiais militares se deslocaram até o endereço e isolaram a área para o trabalho da perícia técnica. Os peritos encontraram cápsulas deflagradas no chão e apreenderam para análise. Uma testemunha presenciou os fatos e conseguiu tirar a foto do investigado e da placa da moto que ele conduzia.

Por ser um velho conhecido da polícia, pois já esteve envolvido em várias ocorrências na cidade, não foi difícil para que a PM conseguisse descobrir o seu paradeiro. De acordo com o que foi apurado, Gedeon já chegou a ficar preso durante 15 anos em um manicômio judicial de Franco da Rocha e Tremembé.

As viaturas se deslocaram até a residência do suspeito. Ele atendeu as equipes e confessou o crime. A arma utilizada na ação estava embrulhada dentro de uma sacola plástica sobre o telhado do imóvel. Conforme o capitão Flávio Augusto Bachiega Zambrosi, comandante da Polícia Militar de Birigui, o acusado contou em depoimento que teria assassinado os três por conta de uma dívida de dinheiro de drogas.

“Ele confessou que essas três pessoas deviam dinheiro de drogas e, por isso, decidiu cometer o crime”.

O calçadista foi preso em flagrante por triplo homicídio qualificado, por motivo fútil e mediante traição ou dissimulação e outro recurso. Ele foi transferido ainda no domingo para a cadeia pública de Penápolis, onde deverá aguardar vaga em alguma unidade prisional. A arma, além da roupa e outros objetos localizados na casa dele foram apreendidos pela polícia.

POSICIONAMENTO

Por meio de uma nota, o Centro Pop de Birigui lamentou o episódio. “O Centro Pop está de luto, porém continua atendendo. O local tem como objetivo ofertar proteção integral a pessoa em situação de rua, contribuindo para a prevenção do agravamento de situações de violação de direitos e ruptura de vínculos, através do restabelecimento de vínculos familiares ou comunitários”, finalizou.

As três vítimas, segundo a polícia, tinham passagens criminais por tráfico de drogas e furto. Apesar disso, eram bastante conhecidas por muitos moradores de Birigui, já que ajudavam a olhar dos carros. Mais recentemente, o trio fazia parte da Rede Solidária de Birigui, um grupo de voluntários com o objetivo de ajudar quem encontra-se em situação de vulnerabilidade social. Nas redes sociais, os organizadores lamentaram a tragédia.

“O dia 4 de outubro de 2020 irá ficar gravado como o dia mais triste da nossa história. Quatro queridos assistidos do nosso projeto partiram. O dia que lembraremos para resto de nossas vidas. O Regimauro, um de nossos primeiros atendidos desde 2013, a Elis, nossa protetora e guardiã da nossa sede, uma mãe que estava à espera do nascimento do seu filho, e do Igor tão cheio de planos e sonhos”.


Compartilhe esta notícia!