Home Plantão Policial Policiais salvam papagaios e arara vermelha que eram transportadas clandestinamente

Policiais salvam papagaios e arara vermelha que eram transportadas clandestinamente

4 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

Policiais do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) prenderam três pessoas no domingo (20) depois que foram flagrados fazendo o transporte clandestino de centenas de papagaios e arara vermelha na rodovia SP-333, em Pongaí, região de Lins. Já nessa segunda-feira (21) começou uma operação em todo o estado de São Paulo, justamente para coibir esse tipo de crime e outros ligados à flora. Centenas de policiais ambientais estão nas ruas para cumprir mandados de buscas e fiscalizações.

Conforme informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, as equipes estavam em patrulhamento quando deram ordem de parada a dois veículos que realizavam o itinerário entre Ponta Porã (MS) a São Paulo. Durante a vistoria interna, os policiais localizaram 160 papagaios e uma arara vermelha dentro de caixas de madeiras de forma ilegal e degradante.

Três autores, todos maiores, foram presos em flagrante por infringir a lei de crimes ambientais. Foi solicitado o apoio da Polícia Militar Ambiental para que as 161 infrações administrativas fossem confeccionadas. O valor total foi de R$ 1.288.000,00 em multas.

As aves foram encaminhadas a uma estância localizada em Lins, onde receberam os cuidados veterinários e posterior retorno à natureza. Os detidos permaneceram à disposição da Justiça e o caso será investigado por meio de inquérito policial.

OPERAÇÃO JEQUITIBÁ

Teve início nessa segunda-feira (21) em todo o estado de São Paulo a Operação Jequitibá, realizada pela Polícia Militar Ambiental em alusão à comemoração do Dia da Árvore, também celebrado ontem. Também é a data do policial militar ambiental.

Diante disso, até esta terça-feira (22), cerca de 1.320 policiais, 452 viaturas terrestres e 52 viaturas náuticas devem participar dos trabalhos nos quatro Batalhões existentes, um deles localizado em Birigui. “O objetivo é despertar a consciência para a educação, prevenção e combate aos crimes ambientais, principalmente contra a flora em todas as regiões do Estado”, destacou o Tenente Coronel Antonio Carlos Siqueira Campos Junior, Comandante das equipes de Birigui.

Antes das equipes saírem para fiscalização contra os alvos, uma solenidade foi realizada na cidade com o plantio de algumas mudas de árvores e a participação de crianças. O evento foi rápido, por conta do distanciamento social em meio à pandemia de coronavírus.


Compartilhe esta notícia!