Compartilhe esta notícia!

Policiais civis do GOE (Grupo de Operações Especiais) de Araçatuba cumpriram mandado de busca e apreensão na segunda-feira (14) em uma casa de massagem onde havia denúncia de prostituição, exploração sexual e tráfico de drogas. O imóvel fica na Avenida da Saudade, no bairro Nova Iorque.

Conforme informações do boletim de ocorrência, diante das denúncias recebidas, a Justiça autorizou o cumprimento do mandado de busca e apreensão. Chegando ao local, as equipes realizaram contato com um empresário, de 43 anos. Ele informou que na casa eram realizadas massagens e não deu mais detalhes.

Durante a vistoria interna, oito mulheres com idades entre 18 e 33 anos foram abordadas e identificadas como prestadoras do serviço na casa. A polícia localizou centenas de preservativos, bisnagas de gel lubrificante, rádios comunicadores, celulares, além de comandas.

Nos quartos, os investigadores constataram a presença de macas e camas. Cada cômodo possuía um kit com preservativos, lubrificantes e outros objetos íntimos. Consta no registro que o empresário não soube explicar para o que esses produtos eram utilizados. Disse, também, que eventualmente as mulheres que fazem as massagens realizam programas sexuais fora daquele ambiente. Mas, a perícia técnica localizou preservativos usados dentro dos cestos de lixo da residência, o que deixou claro que o local também é usado para a prática de encontros sexuais.

Por fim, o GOE apreendeu um cigarro de maconha parcialmente consumido. Todos os objetos, assim como os nove envolvidos foram levados até a Central de Flagrantes na presença de um advogado. Eles prestaram depoimento e foram liberados algumas horas depois. A Polícia Civil registrou o caso como dignidade sexual e casa de prostituição. Um inquérito foi aberto para dar andamento aos trabalhos investigativos.


Compartilhe esta notícia!