Compartilhe esta notícia!

Uma perseguição policial pelas ruas de Araçatuba terminou na prisão de um ajudante de 44 anos na noite do último sábado (12). O suspeito vai responder por ameaça e desacato, além de trafegar em velocidade incompatível. A ação ocorreu no cruzamento entre as ruas José Teodoro de Lima com a Aguapeí, no bairro São João.

Conforme informações do boletim de ocorrência, os policiais militares foram acionados pelo Copom (Central de Operações da Polícia Militar) para prestar apoio a outra equipe, que teria sido ‘fechada’ pelo veículo GM/Celta do suspeito. O condutor fez ameaças exibindo um objeto não identificado e gritou que iria matar a policial militar dentro da viatura.

Em seguida, o indiciado fugiu em alta velocidade por diversas vias do município, desrespeitando as sinalizações e colocando em risco a vida de outros motoristas e pedestres. A partir disso, uma perseguição teve início pelo bairro São João.

Durante o acompanhamento, o autor trafegou por diversas vezes na contramão da direção. Pessoas que estavam na rua naquele momento chegaram a filmar a fuga. A detenção do suspeito se deu alguns minutos depois na rua Marechal Deodoro da Fonseca.

Os PMs tiveram que usar a força física para detê-lo, já que por diversas vezes tentou fugir correndo.  O ajudante desacatou novamente os policiais e foi preso em flagrante, encaminhado até a delegacia, onde prestou depoimento. O delegado plantonista estipulou fiança de mil reais, mas o homem não pagou o valor e, por isso, permaneceu à disposição da Justiça. O carro dele foi apreendido administrativamente. A Polícia Civil abriu inquérito para dar andamento às investigações do caso.

 


Compartilhe esta notícia!