Plantão Policial

Irmãos são presos por envolvimento em tripla tentativa de homicídio

Um marceneiro, de 28 anos, e uma ajudante, de 29, foram presos em flagrante na noite de sexta-feira (09) por suspeita de envolvimento em uma tripla tentativa de homicídio. O crime ocorreu em uma residência, localizada na rua Francisco Martins Filho, no Bairro Beatriz, em Araçatuba.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, policiais militares realizavam patrulhamento de rotina quando foram acionados pelo Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) para atendimento de uma briga, com três pessoas esfaqueadas.

Com essas informações, as equipes se deslocaram até o endereço. Chegando lá, os PMs foram atendidos por duas vítimas, um homem de 31 anos, este com corte na garganta e uma mulher de 51, esta com ferimento no ombro direito. A terceira vítima, que não teve a identidade revelada, estava em uma residência ao lado e negou ser socorrida.

As vítimas revelaram que os agressores teriam sido o marceneiro e a irmã dele, ambos vizinhos. A namorada da ajudante teria iniciado uma desavença com os envolvidos há alguns dias, por motivos desconhecidos. Durante a noite, a mulher confirmou ter brigado com os três e armada com uma faca desferiu golpes contra todos, causando ferimentos.

A faca utilizada na ação foi jogada no quintal de outra residência. Após buscas, os policiais encontraram o objeto e o apreenderam para passar por perícia técnica. O marceneiro negou que tivesse qualquer relação com a briga e informou apenas que tentou separar a irmã das demais vítimas.

O rapaz esfaqueado na garganta foi socorrido em estado grave por uma unidade do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) até a Santa Casa. A mulher também foi socorrida pelo Resgate até o mesmo hospital. Os dois permaneceram internados, mas até o fechamento dessa edição, a unidade hospitalar não havia divulgado o boletim médico com o estado de saúde atualizado.

Os irmãos foram apresentados na Central de Flagrantes, onde prestaram depoimento. O delegado plantonista manteve a prisão da dupla por tentativa de homicídio. Eles permaneceram à disposição da Justiça. A namorada da indiciada foi ouvida e liberada em seguida. A Polícia Civil abriu inquérito pelo quarto distrito policial do município para dar andamento às investigações.

Comment here