Plantão Policial

Mulher alega ter sido agredida pelo marido com soquete de pilão

Um casal foi parar na delegacia depois de se agredir durante uma discussão por causa de ciúme. O caso ocorreu na residência dos dois, localizada na rua Quinze de Novembro, no bairro Vila Mendonça, em Araçatuba. A mulher, de 51 anos, alega que o marido, um ajudante de pedreiro de 52, teria a agredido com um soquete de pilão.

 

Conforme o registro policial, uma viatura da PM fazia patrulhamento quando recebeu informações de uma briga entre casal pelo Copom (Central de Operações da Polícia Militar). As equipes foram até o endereço e perceberam que a confusão já havia acabado. A mulher estava na casa e o homem em um estabelecimento comercial ao lado.

 

Os dois foram chamados e ouvidos separadamente, apresentando suas versões. O ajudante disse que a mulher investiu contra ele por causa de ciúmes e teria arremessar diversas garrafas de cerveja em sua direção, além de danificar o celular. Ele negou que tivesse a agredido fisicamente e respondeu que as lesões que a esposa apresentava eram provenientes de uma queda de bicicleta sofrida na semana passada.

 

Por outro lado, a mulher confessou que realmente teve uma discussão com o marido e arremessou algumas garrafas de cerveja, mas também teria sido agredida por ele com um soquete de pilão, o que causou lesões na face e na cabeça. O objeto foi apreendido pelos policiais.

 

O casal teve que ser encaminhado até a Central de Flagrantes, onde prestou depoimento. Durante o registro da ocorrência, os PMs contaram ainda que a mulher estava bastante alterada e teria tentado colocar fogo em um botijão de gás dentro do imóvel. O delegado plantonista registrou o caso como lesão corporal e decidiu liberar os dois. Um inquérito foi aberto pelo segundo distrito policial do município para dar andamento ás investigações sobre os fatos.

Comment here