Plantão Policial

Polícia Civil quer saber se acidente que matou jovens foi causado por racha

Uma jovem de 24 anos de idade morreu depois de ser atropelada por uma moto conduzida por um auxiliar de mecânico, de 18 anos, na Avenida Antônio Rodrigues Boucinha, no Distrito Industrial de Penápolis, região de Araçatuba. O rapaz também não resistiu aos ferimentos depois de cair da motocicleta e faleceu. A Polícia Civil, agora, apura se o motociclista disputava racha com outra moto, que fugiu do local logo após o acidente.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, era por volta das 18h35. A mulher, identificada como Camila Rodrigues Garcia, caminhava pela via pública na companhia do namorado. Em determinado momento, as duas motos surgiram em alta velocidade, uma do lado da outra. O veículo conduzido por Bruno Milani da Silva perdeu o controle da direção e atropelou a caixa pelas costas. Ela ainda foi arrastada por cerca de 50 metros.

Por conta do impacto, Silva também foi lançado no asfalto. Os dois sofreram graves ferimentos e foram socorridos por uma unidade do Resgate até o Pronto-Socorro Municipal. Por conta da gravidade dos ferimentos, autor e vítima não resistiram aos ferimentos e morreram alguns minutos depois de terem dado entrada na unidade hospitalar.

Os corpos foram encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal) de Araçatuba, onde passaram por exame necroscópico. O laudo deverá ficar pronto em até 30 dias.

INVESTIGAÇÕES

Logo após o acidente, policiais militares foram acionados para o atendimento da ocorrência. Chegando lá, as equipes isolaram a área para o trabalho de investigação pela Polícia Civil e a perícia técnica.

O delegado plantonista e um investigador estiveram presentes e colheram algumas informações com testemunhas, inclusive com o namorado da jovem morta minutos antes. Ele contou em depoimento que viu as duas motos em alta velocidade, mas não soube dizer se as duas disputavam racha no local.

O segundo motociclista fugiu logo após o ocorrido e até o fechamento desta edição não tinha sido localizado. As partes foram qualificadas em um boletim de ocorrência e serão ouvidas nos próximos dias. Agora, a polícia quer saber se realmente o jovem morto disputava corrida com outra pessoa.

O corpo de Camila será sepultado às 10h deste sábado (15) no cemitério municipal. Já o corpo de Silva também será enterrado em Penápolis, por volta das 9h30. Um inquérito foi aberto para dar continuidade às investigações sobre o acidente. O delegado fez o registro como homicídio culposo na direção de veículo automotor, ou seja, aquele em que não há a intenção de matar.

Comment here