Plantão Policial

Criança continua internada após ser atropelada em Birigui

Uma menina de apenas nove anos de idade continua internada na Santa Casa de Araçatuba depois de ser atropelada, juntamente com a irmã mais velha, de 14, e a mãe, no último fim de semana em uma movimentada avenida de Birigui. O autor do atropelamento foi preso por embriaguez ao volante.

 

De acordo com informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, as vítimas estavam na calçada quando foram surpreendidas pelo veículo Audi A3, desgovernado. Ainda não se sabe o motivo, mas o investigado perdeu o controle da direção, atropelou mãe e as duas filhas, subiu na calçada e só parou ao atingir um poste.

 

As três sofreram ferimentos e foram encaminhadas para o Pronto-Socorro Municipal de Birigui, onde receberam atendimento médico. A mulher e a filha mais velha sofreram ferimentos leves e permaneceram em observação na unidade hospitalar. Já a criança mais nova teve que ser transferida para a Santa Casa de Araçatuba, por conta da gravidade dos ferimentos.

 

De acordo com o último boletim médico da vítima, divulgado às 16h50 de ontem (03), o estado de saúde dela é estável. A paciente ainda estava no setor de emergência em avaliação pela equipe de Ortopedia e Traumatologia, já que sofreu fratura exposta grave em uma das pernas. Não há previsão de alta.

 

PRISÃO

 

Durante o atendimento da ocorrência, os policiais militares perceberam que o motorista do carro apresentava sinais de embriaguez, mas ele se recusou a fazer o teste do bafômetro. Diante disso, o homem foi apresentado na delegacia, onde prestou depoimento. Lá, ele também recusou a tirar sangue para ser realizado o teste de dosagem alcoólica. O delegado decidiu prendê-lo, mesmo assim, por conta dos sinais evidentes de embriaguez, sem direito à fiança. O caso continua sendo investigado.

 

Comment here