Compartilhe esta notícia!

FOTO: THIAGO AUGUSTO

Um grave acidente foi registrado na noite de sexta-feira (31) na rodovia Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463), em Araçatuba. A batida envolveu cinco veículos e um cavalo. O estudante João Victor Christofano Oliveira, de apenas 18 anos de idade, não resistiu aos ferimentos e morreu.

 

De acordo com informações do boletim de ocorrência, o acidente ocorreu por volta das 23h30, no quilômetro 42 da rodovia. A batida teria sido ocasionada por conta do cavalo solto na pista. Existe a suspeita de que Oliveira, que conduzia uma motocicleta Honda/CG 125 Fan tenha atropelado o animal e caído em seguida na pista. Um sexto veículo estaria envolvido no acidente, mas o motorista fugiu sem prestar socorro e antes das equipes policiais.

 

Após o ocorrido, um estudante de 20 anos seguia pelo mesmo sentido com um automóvel GM/Corsa. Ele não conseguiu frear a tempo e acabou atropelando o jovem caído. Na sequência, o carro VW/Gol conduzido por uma jovem de 20 anos, se aproximou e conseguiu frear, mas o outro GM/Corsa, dirigido por um frentista de 23 anos, não avistou o acidente e colidiu na traseira do Gol. Por fim, uma VW/Saveiro, pertencente a um idoso de 66 anos, também colidiu nos outros veículos e capotou em seguida. Todos os envolvidos, com exceção do motociclista, tiveram ferimentos leves.

 

Oliveira foi socorrido por uma unidade do Resgate, do Corpo de Bombeiros, e chegou já sem vida no pronto-socorro da Santa Casa. O corpo dele foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame necroscópico.

 

Policiais rodoviários se deslocaram até o quilômetro onde as batidas aconteceram e sinalizaram a área, pelo alto risco de novos acidentes. A pista chegou a ficar interditada completamente até que a perícia realizasse o trabalho. O equino morreu no local. Durante o registro da ocorrência, os PMs descobriram que o idoso e o frentista estavam dirigindo sob influência de álcool. Eles foram autuados administrativamente.

 

A Polícia Civil de Araçatuba registrou o caso como omissão na guarda de animais, já que o proprietário do cavalo não foi encontrado, lesão corporal na direção de veículo automotor, fuga de local de acidente e homicídio culposo, ou seja, aquele que não há a intenção de provocar a morte. Um inquérito será aberto pelo quarto distrito policial do município que deverá dar andamento às investigações.

 


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Plantão Policial

Veja também

Homem que foi baleado na Santa Casa assina termo e deixa hospital

Compartilhe esta notícia!O homem de 29 anos que foi baleado dentro da Santa Casa de Araçat…