Plantão Policial

Quatro são presos durante operação conjunta da Polícia Civil

FOTO: VITOR MORETTI/ O LIBERAL REGIONAL

A Polícia Civil de Araçatuba deflagrou uma operação na manhã de quinta-feira (23) para combater crimes de homicídio, roubo, furto e tráfico de drogas. No total, quatro pessoas foram presas durante as ações coordenadas entre a DIG (Delegacia de Investigações Gerais), GOE (Grupo de Operações Especiais), Seccional e DDM (Delegacia de Defesa da Mulher). Foram esclarecidos um homicídio, dois roubos e um furto.

 

A equipe do jornal O LIBERAL REGIONAL acompanhou desde as primeiras horas do dia os trabalhos dos policiais. Foram cumpridos dez mandados, entre de buscas e apreensão, e de prisão. Todos os presos foram apresentados na Central de Polícia Judiciária da cidade.

 

Os principais alvos da operação eram dois irmãos. Eles são suspeitos de terem participado do assassinato do mecânico Diego Sérgio Fernandes, de 30 anos, no último dia 13 de abril, no bairro Porto Real, também em Araçatuba. No dia do crime, segundo informações da polícia, a vítima estava em um veículo VW/Parati quando foi alvejada por três disparos nas costas e na região do pescoço.

 

Mesmo assim, o rapaz conseguiu conduzir o carro até o bairro São José, onde perdeu os sentidos e colidiu contra uma moto estacionada. Ele chegou a ser socorrido com vida até a Santa Casa em estado grave. As equipes médicas constataram que a vítima tinha ficado com uma bala alojada debaixo da língua. Alguns dias depois, o mecânico não resistiu aos ferimentos e morreu.

 

A partir de então, a DIG começou a levantar informações a respeito de quem poderia ter sido o autor do homicídio. De acordo com o delegado titular Antônio Paulo Natal, após as investigações, as equipes descobriram que dois irmãos seriam os suspeitos e passaram a monitorá-los, até reunirem provas e conseguirem pedir a prisão preventiva dos dois.

 

“Um deles confessou o assassinato e disse que teria sofrido ameaças da vítima, por isso cometeu o crime. O outro irmão dele nega participação, mas uma testemunha-chave disse que o viu na cena do homicídio, por isso nós pedimos as prisões dos dois, que foram cumpridas com êxito nesta manhã”, disse durante entrevista.

 

ROUBOS E FURTOS

 

Ainda durante a realização da operação, a DIG também conseguiu esclarecer um roubo ocorrido em uma lanchonete e outro assalto contra um pedestre. O autor prestou depoimento, mas foi liberado em seguida, já que não havia mandado de prisão em aberto contra ele.

 

A terceira prisão foi realizada contra um homem que era foragido da penitenciária Nestor Canoa, em Mirandópolis, após não retornar da saída temporária do Dia das Mães. Ele é acusado de ser o autor do furto em uma ótica localizada na área central de Araçatuba. O crime ocorreu no último dia 11 de maio.

 

Conforme informações do boletim de ocorrência registrado no dia, o indivíduo teria arrombado a porta da frente do estabelecimento comercial. Já lá dentro, ele subtraiu 65 relógios, um prejuízo avaliado em mais de R$ 26 mil. Após investigações, as equipes descobriram que uma pessoa estaria vendendo tais objetos. Foi a partir de então, que a polícia conseguiu chegar até o criminoso.

Aproximadamente 20 relógios foram recuperados durante os trabalhos. Eles foram devolvidos ao proprietário da ótica, um comerciante de 35 anos de idade.

 

TRÁFICO DE DROGAS

 

A quarta e última prisão foi a de um rapaz no bairro Atlântico, zona norte do município. Os policiais da DIG cumpriram um mandado de busca na casa onde o suspeito mora. Chegando lá, as equipes localizaram dezenas de pinos contendo cocaína, porções de maconha, além de uma pistola de brinquedo.

 

Com as evidências, o autor foi conduzido até a Central de Flagrantes, onde prestou depoimento. O delegado plantonista manteve a prisão por tráfico de drogas e o deixou à disposição da Justiça. Ele deverá passar por audiência de custódia ainda nesta sexta-feira (24). Já os outros três detidos foram encaminhados para as cadeias públicas da região, já que existiam contra eles os mandados de prisão.

Comment here