Plantão Policial

Soldador é preso depois de agredir a irmã e policial militar

Um soldador de 30 anos de idade foi preso na noite de domingo (12) depois de agredir a própria irmã, uma jovem de 25 anos, e agredir policiais militares. O caso ocorreu no bairro Santa Luzia, em Araçatuba.

 

De acordo com informações do boletim de ocorrência, os policiais militares da Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas) faziam patrulhamento de rotina pelas imediações quando foram acionados pelo Copom (Central de Operações da Polícia Militar) informando que estaria ocorrendo uma briga na Rua dos Fundadores.

 

As equipes deslocaram-se até o endereço e lá chegando encontraram a vítima. Ela contou em depoimento que teve uma discussão com o irmão e o mesmo desferiu um soco em seu rosto. Ele ainda fez ameaças de morte, já que teria um revólver de calibre 38 guardado dentro da residência que mora, na rua das Camélias, no bairro Jardim do Trevo.

 

Com essas informações, os PMs pediram reforço e deslocaram-se até o local. Lá chegando, eles foram atendidos pela mulher do indiciado, que informou que o mesmo estava dormindo. Alguns minutos depois, o autor acordou e começou a ofender os policiais militares que fizeram o atendimento da ocorrência.

 

Em determinado momento, ao tomar conhecimento que seria preso, o homem partiu para cima da guarnição e teve que ser contido com gás de pimenta e o uso de algemas. Um policial que participava da prisão sofreu uma lesão em um dos dedos da mão. O suspeito também se feriu no rosto. Em seguida, a polícia fez uma vistoria no imóvel, mas não encontrou nenhuma arma de fogo.

 

Ele foi encaminhado até a Central de Flagrantes, onde prestou depoimento. O delegado plantonista manteve a prisão dele por violência doméstica, lesão corporal e desacato e o deixou à disposição da Justiça. A Polícia Civil abriu inquérito pelo segundo distrito policial do município para dar andamento às investigações sobre o caso.

 

Comment here