Plantão Policial

Tirinha da Turma da Mônica é alterada com conteúdo pornográfico e repassada às crianças de escola

A Secretaria Municipal de Educação de Birigui vai investigar a conduta de uma professora da Escola Municipal Dirce Spínola Najas, no bairro Toselar, após ela passar uma tirinha alterada da Turma da Mônica com material impróprio a crianças de oito anos de idade. O caso ganhou ampla repercussão na cidade.

Segundo informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, o caso veio à tona depois que os pais ficaram sabendo pelos filhos do que aconteceu. A tirinha foi colada no caderno dos jovens como lição de casa. O texto traz os seguintes dizeres, conforme reprodução abaixo entre um diálogo da personagem Magali com um sapo.

“Olá, garotinha! Dê-me um beijo e terá uma bela surpresa”.

Após a primeira fala, Magali beija o sapo, logo em seguida ele se transforma em um príncipe e a personagem conclui.

“Só um beijo! Pensei que você tinha rola grande!”

O exercício pedia para que os alunos escrevessem onde estava o humor na tirinha. A Secretaria de Educação de Birigui informou, por meio de uma nota, que tomou todas as providências com relação ao fato ocorrido.

“Uma reunião já foi realizada com os pais dos alunos da sala onde o fato ocorreu. Esse encontro foi na noite da última segunda-feira, dia 8 de abril. A Secretaria de Educação de Birigui informa, ainda, que já encaminhou o ocorrido para a Secretaria Municipal de Negócios Jurídicos, que irá tomar as providências legais”, concluiu.

REPERCUSSÃO

Na cidade, o assunto ganhou notória repercussão. A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL esteve no município na manhã de quinta-feira (11) e ouviu muitas pessoas descordarem do ocorrido.

“A gente fica até com medo de mandar nossos filhos para escola, porque diante de uma situação dessas, não temos tranquilidade nem mais com os professores”, disse uma mulher que passava perto da Secretaria Municipal de Educação.

Nas redes sociais, a indignação também tomou conta de muitos internautas. Uma delas postou: “É preciso estar-se atento durante todo o tempo para que situações tão lastimáveis e que tantos danos causaram a todos os envolvidos sejam evitadas”.

Ainda segundo apurou a reportagem, a professora continua ministrando aulas na instituição de ensino.

Comment here