Plantão Policial

Jornalista é presa por furto de energia elétrica em Birigui

Uma jornalista de 60 anos de idade foi presa na manhã de quinta-feira (11) por furto de energia elétrica na residência onde mora na rua Ribeiro de Barros, no bairro Vila Guarujá, em Birigui. A prisão ocorreu após policiais civis do GOE (Grupo de Operações Especiais) de Araçatuba cumprirem mandado de busca e apreensão.

Segundo informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, as equipes tiveram que pular o muro da casa, já que a suspeita atendeu o interfone, tomou conhecimento de que os policiais estavam ali e desligou em seguida. Só assim, ela abriu a porta e recebeu os policiais. A mulher disse que tinha uma determinação judicial para que agentes da CPFL Paulista, empresa que administra a distribuição de energia elétrica na cidade, não entrassem no imóvel e fizessem a medição mensal.

Os técnicos da companhia foram chamados e fizeram a verificação. Eles constataram a fraude após observarem que o lacre do relógio medidor de energia estava rompido e a parte interna manipulada, o que configura o crime de furto. Só para se ter uma ideia, a última conta de energia paga pela jornalista foi de aproximadamente dez reais.

Diante das evidências, ela foi encaminhada até a delegacia de Birigui, onde prestou depoimento. Por ser um crime inafiançável, o delegado manteve a prisão em flagrante por furto e a encaminhou para a cadeia feminina de Lavínia, onde deverá aguardar audiência de custódia e a decisão judicial. Um inquérito foi aberto para dar andamento às investigações sobre o caso.

Comment here