Plantão Policial

PM registra quatro flagrantes de tráfico de drogas em Araçatuba durante a noite

Em uma noite de vários flagrantes em Araçatuba, policiais militares da Força Tática prenderam quatro pessoas por tráfico de drogas em ocorrências distintas entre a tarde e a noite de terça-feira (12). Os PMs apreenderam crack, maconha, cocaína, munição e até uma arma de brinquedo.

 

A primeira ocorrência foi registrada na Avenida Água Funda, no bairro Jardim São José. Policiais militares do Canil faziam patrulhamento de rotina quando encontraram o azulejista sentado na calçada em frente a uma residência. Os PMs desconfiaram da atitude do suspeito e decidiram fazer a abordagem.

 

Na revista pessoal, a polícia encontrou com o rapaz de 22 anos uma sacola plástica contendo dez pedras de crack. Ele confessou que estava ali para comercializar todo o entorpecente e que vendia cada unidade por dez reais. Diante disso, ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado até a Central de Flagrantes, onde prestou depoimento.

 

O delegado plantonista manteve a prisão por tráfico de drogas e o deixou à disposição da Justiça. Um inquérito foi aberto pelo terceiro distrito policial do município para dar andamento às investigações sobre o caso.

 

LAGO AZUL

 

Minutos depois, outra equipe da Força Tática fazia patrulhamento quando no cruzamento entre a rua David dos Santos Esgalha com a Avenida Juscelino Kubistchek viram um desempregado de 22 anos em uma motocicleta. Ao ver a viatura, o suspeito mudou o caminho repentinamente, o que levantou a suspeita dos policiais, que decidiram fazer a abordagem.

 

No bolso da bermuda que vestia, as equipes localizaram uma porção de maconha. O homem disse em depoimento que a droga era para consumo próprio e teria mais entorpecentes na casa onde morava, bem perto dali. Os PMs foram até o endereço.

 

Durante a vistoria, eles localizaram mais duas porções de maconha, três pinos contendo cocaína, R$ 40,00 em dinheiro, além de 16 munições de calibre 38. O indiciado disse que os objetos foram dados a ele como forma de pagamento de uma dívida.

 

Diante disso, ele também foi encaminhado até a delegacia, onde prestou depoimento. Ele ficou preso, à disposição da Justiça, e vai responder por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

 

INDUSTRIAL

 

Mas as ocorrências não pararam por aí. Em outro flagrante, um metalúrgico, de 46 anos de idade, foi preso depois de ser flagrado com pedras de crack. A polícia fazia patrulhamento pela rua Tancredo Neves quando avistou o investigado na via pública.

 

Ele foi abordado e na revista pessoal foram localizadas dez pedras de crack no bolso da bermuda que vestia. O rapaz revelou que possuía mais drogas dentro do imóvel que morava. Chegando lá, os PMs fizeram uma vistoria e encontraram mais 28 pedras com o mesmo entorpecente, uma arma de brinquedo, que segundo o homem era para intimidar usuários que iam até lá comprar drogas, um celular e balança de precisão.

 

Ao chegar na delegacia, o homem negou ser traficante e informou que os entorpecentes eram para consumo próprio. Mesmo assim, o delegado de plantão o deixou preso à disposição da Justiça.

 

ROSELE

 

Já próximo do fim da noite, na rua Carmem Miranda, outra equipe da Força Tática patrulhava pelo local quando avistou um auxiliar geral, de 21 anos, de bicicleta. Ele apresentou nervosismo ao ver a viatura e foi abordado. O indiciado resistiu à abordagem, agrediu um dos policiais, causando ferimentos nos braços e no rosto. O rapaz teve que ser algemado.

 

Antes de ser abordado, ele jogou um estojo na rua contendo 30 porções de crack, 11 porções de maconha, além de cinco pinos contendo cocaína. Ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas e resistência e foi apresentado na manhã de quarta-feira (13) em audiência de custódia no Fórum do município. Ele continuou preso e foi encaminhado para a cadeia pública de Penápolis, onde deverá aguardar vaga em alguma unidade prisional da região.

 

Comment here