Plantão Policial

Bandidos fazem moradores reféns durante assalto em Araçatuba

A violência em Araçatuba fez mais vítimas na tarde de quarta-feira (19). Bandidos armados invadiram uma residência e fizeram os moradores reféns em plena luz do dia. O crime ocorreu na rua Capistrano de Abreu, no bairro Nova Iorque, zona sul do município.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o roubo aconteceu pouco depois das 14h. Uma das vítimas, uma dona de casa de 55 anos, abriu o portão do imóvel quando foi surpreendida pela presença de quatro indivíduos desconhecidos, um deles portava uma arma de fogo.

De acordo com a declarante, os criminosos estavam com o rosto descoberto e anunciaram o assalto. Eles empurraram a mulher, que caiu no chão e sofreu uma lesão leve em uma das pernas. Logo em seguida, eles invadiram a casa em busca de objetos de valor.

Lá dentro estava o filho da declarante, um professor de 28 anos de idade. Ele foi feito refém pela quadrilha, que o trancou dentro de um quarto nos fundos da residência. Em alguns minutos, os suspeitos começaram a subtrair diversos objetos, como um microondas, um forno elétrico, um bebedouro de água, duas televisões de 42 polegadas, um vídeo-game, dois celulares, diversas calças, além de dois mil reais em dinheiro.

Todos os objetos foram colocados no interior do veículo MMC/Pajero Dakar pertencente à família. Após o crime, a quadrilha fugiu no automóvel. Policiais militares que faziam patrulhamento nas imediações foram acionados até o endereço para o registro da ocorrência.

Chegando ao local, os PMs colheram as informações a respeito das características do bando e passaram a fazer patrulhamento nas proximidades. Aproximadamente 40 minutos depois da ação, o carro da família foi localizado perto da rodovia Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463), no bairro Centenário.

Outra equipe da PM foi até o local e isolou a área para o trabalho da perícia técnica. Um laudo deverá ficar pronto nos próximos dias para auxiliar nas investigações. Apesar disso, nenhum suspeito do assalto havia sido localizado até o fechamento desta edição. Um ajudante de pedreiro, de 28 anos de idade, chegou a ser encontrado em atitude suspeita pelo bairro Manoel Pires, foi levado até a Central de Flagrantes, mas não foi reconhecido pelas vítimas.

A Polícia Civil abriu inquérito pelo primeiro distrito policial do município para dar andamento às investigações. Os objetos levados durante o roubo também continuavam desaparecidos até esta quinta-feira (20).

Comment here