Plantão Policial

Comerciante acusa policial e servidora pública de furto em delegacia

Uma comerciante de 63 anos de idade vai responder por calúnia e injúria após acusar um policial civil de 46 anos e uma servidora pública municipal, de 45, de furtar um celular dentro do prédio da Central de Flagrantes de Araçatuba. O caso aconteceu na quinta-feira (29).

Segundo informações do boletim de ocorrência, a autora estava registrando boletim de ocorrência na delegacia e ao ir embora sentiu falta do aparelho. Em um primeiro momento, ela disse que havia deixado o celular na mesa do policial civil. Depois, a mulher mudou a versão e disse que o deixou na mesa da funcionária pública, acusando-os de que teriam praticado o furto.

Em determinado momento, a mulher foi até o veículo que estava estacionado em frente ao plantão policial e encontrou o eletrônico no porta-malas. Diante disso, as vítimas decidiram registrar uma ocorrência representando formalmente contra a comerciante por calúnia e injúria.

A Polícia Civil abriu inquérito pelo primeiro distrito policial do município para dar andamento às investigações sobre o caso. Nos próximos dias, todos os envolvidos deverão ser ouvidos novamente e, posteriormente, o caso será remetido à Justiça.

Comment here