A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Araçatuba prendeu seis pessoas durante a manhã de quarta-feira (28) após realizar uma operação que deu cumprimento de mandados de prisão e busca e apreensão.

Segundo informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, duas prisões ocorreram por falta de pagamento de pensão alimentícia. Um rapaz de 26 anos, morador no bairro Alvorada, e um homem de 47 anos, morador no bairro São José, foram detidos e encaminhados até a Central de Flagrantes. Já no bairro Rosele, zona norte da cidade, um homem de 25 anos, procurado por tráfico de drogas, também foi preso mediante mandado de prisão.

Ainda durante os trabalhos, as equipes prenderam dois homens, de 20 e 25 anos de idade, por tráfico de drogas na rua Roque Safiotti, no bairro Jardim Esplanada, logo nas primeiras horas da manhã. De acordo com informações do boletim de ocorrência, os policiais civis já tinham informações de que no endereço poderia estar ocorrendo a comercialização de entorpecentes, além de existir uma arma de fogo.

Diante disso, a polícia requisitou mandado de busca e apreensão, que foi autorizado pela Justiça. Durante as buscas foram localizadas 25 porções de maconha, além de 68 pinos contendo cocaína. A polícia também apreendeu alguns relógios de origem suspeita.

Os dois rapazes receberam voz de prisão em flagrante por tráfico de drogas e foram levados até a delegacia, onde prestaram depoimento. Eles deverão passar ainda hoje (29) por audiência de custódia no Fórum do município. Os objetos permaneceram apreendidos e passariam por perícia técnica. Um inquérito foi aberto pelo quarto distrito policial para dar andamento às investigações sobre o caso.

ARMA

Por volta das 8h, outra equipe da DIG foi até a rua José Xavier dos Santos, no bairro Morada dos Nobres, já que um dos moradores do local, um vendedor de 27 anos, era suspeito de ter participado de uma tentativa de roubo em agosto deste ano no bairro Nova Iorque.

Os policiais fizeram a vistoria na residência e encontraram um revólver de calibre 32 com numeração suprimida. O indiciado foi levado para a delegacia e lá acabou sendo reconhecido pela vítima do assalto. Na época, ela estava em frente da residência quando foi abordada. Assustada, a mulher começou a gritar pedindo socorro e foi atingida por uma coronhada na boca. O suspeito fugiu sem levar nada.

Ele também permaneceu preso e passará por audiência de custódia nesta quinta-feira (28).

Mostrar mais
Carregar mais em Plantão Policial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Feriado prolongado teve menos acidentes e mais mortes no trânsito

A Operação República terminou na região de Araçatuba com menos acidentes de trânsito nas r…