Plantão Policial

Justiça condena a 14 anos de prisão acusado de homicídio

A Justiça de Araçatuba condenou a 14 anos de prisão Igor Antônio Venâncio responsável pelo assassinato de Roberto Morales da Silva em agosto de 2013 no bairro São Rafael, em Araçatuba. O réu não poderá recorrer em liberdade da decisão.

O crime ocorreu no dia 09 de agosto de 2013 em frente a um bar localizado no cruzamento das ruas Afrânio Francisco Riul com a Joaquim de Souza, no bairro São Rafael. A vítima estava sentada na calçada quando foi atingida por oito disparos de arma de fogo.

A polícia conseguiu prender Igor e o comparsa, Adriano André de Souza, que foi o executor do crime e recebeu pena em janeiro deste ano. No andamento das investigações descobriu-se que o crime teria sido motivado por vingança, conforme denúncia relatada pelo promotor do Ministério Público, Adelmo Pinho.

“Conforme se apurou, no dia 22 de outubro de 2010, Jairo César Severino foi vítima de homicídio na cidade de Araçatuba, surgindo comentários de que Roberto teria participado do mencionado crime. O fato motivou a revolta de Igor, irmão de Jairo, e Adriano, amigo de infância de Jairo e pessoa próxima à família dele, os quais, para se vingar, deliberaram a prática de homicídio contra Roberto”.

A denúncia também citou que os denunciados dividiram as tarefas, sendo que Igor idealizou o crime para vingar a morte do irmão, bem como oferece o revólver de calibre 38, a Adriano para praticar o homicídio.

JULGAMENTO

Durante a quarta-feira (28), o juiz de direito Danilo Brait presidiu o júri popular de Igor. Os jurados entenderam a culpabilidade do réu. Por esse motivo, o presidente do júri condenou o acusado a 14 anos de reclusão em regime fechado. O magistrado também não autorizou que o rapaz recorra da decisão em liberdade. A Promotoria não vai recorrer.

Comment here