Compartilhe esta notícia!

Um ajudante geral de 39 anos sofreu ferimentos graves depois de ser atingido por um carro que teria não respeitado o sinal de parada em um cruzamento do bairro Jardim América, em Araçatuba. O caso aconteceu no início da noite de segunda-feira (29).

O irmão do motociclista compareceu à Central de Flagrantes algumas horas depois do acidente para registrar boletim de ocorrência. Ele informou aos investigadores que estava na garupa da motocicleta Honda/CG 150 Titan com o irmão quando o acidente ocorreu.

Segundo declarações, as vítimas seguiam pela rua Pedro Janser, no sentido centro/bairro, quando foram atingidos pelo veículo VW/Fox conduzido por uma consultora de 34 anos de idade, que segundo ele, teria não respeitado o sinal de parada, invadido a preferencial, ocasionando a colisão lateral.

Com o impacto da batida, os irmãos foram ao solo. O rapaz que procurou a polícia teve apenas escoriações leves. Já o ajudante geral teve uma fratura exposta e precisou ser socorrido por uma unidade do Resgate, do Corpo de Bombeiros, até o pronto-socorro da Santa Casa. Ele passou por exames médicos e ficou constatada uma fratura na tíbia. O rapaz continua internado na unidade hospitalar e passaria por uma cirurgia.

TENTATIVA DE FUGA

Ainda segundo depoimento da testemunha, a autora da colisão teria tentado fugir do local do acidente, mas foi impedida por populares. Ela passou os dados pessoais, assim como do veículo e foi embora antes mesmo da chegada da Polícia Militar.

A Polícia Civil registrou o caso como lesão corporal na direção de veículo automotor e abriu inquérito pelo terceiro distrito policial do município para dar andamento às investigações. Foi requisitada perícia técnica na moto. Um laudo deverá ficar pronto nos próximos dias para auxiliar na apuração. Além disso, os investigadores requisitaram exame de corpo de delito ao homem que está internado a fim de serem constatadas as lesões.


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Plantão Policial

Veja também

Caso Mustang: Ministério Público vai recorrer de decisão que condenou empresário

Compartilhe esta notícia!O Ministério Público de Araçatuba entrou com recurso de apelação …